22 09 2016

5 feeds incríveis para seguir no instagram

5-feeds-inspiradores-no-instagram

Escrevo esse post em uma tarde fresquinha e nublada que trouxe um alívio depois de alguns dias quentes demais. Neste momento, estou rindo do vento que traz folhas pra dentro de casa: eu definitivamente amo ter uma árvore na janela da sala. Mas não é sobre essa pequena e doce alegria que vim falar hoje.

Acho que todo mundo que ama fotografia é apaixonado pelo Instagram também, não é? Eu, particularmente, acho a coisa mais deliciosa do mundo abrir o aplicativo e ter meu feed recheado de fotos maravilhosas pra me inspirar. Mais gostoso ainda é descobrir feeds diferentes, novos, de gente que a gente se identifica. Pensando nisso, separei 5 feeds que descobri há alguns meses atrás e me apaixonei logo de cara… Acho que posso dizer que estão na lista dos meus favoritos! Dessa vez, não de propósito, todos os feeds são gringos, e na descrição de cada uma conto de onde elas são pra vocês, ok? Pra ir direto pra cada feed, é só clicar nas fotos ou no @ de cada um ❤

5 feeds inspiradores para seguir no instagram

fiorere - feeds inspiradores no instagram

@fiorere é o feed da Johanna, uma ilustradora Holandesa que agora está vivendo em Berlim. Pelo que li no seu blog ela cresceu na Alemanha e tem 18 anos, mas não sei se a idade está atualizada. Seu instagram e seu blog deixam claro que ela ama a natureza, e isso me encanta muito. As fotos tem sempre um toque verde e marrom, e percebo a variação nas fotos de acordo com as estações do ano, morro de amores por isso. Suas ilustrações, as vezes retratadas nas fotos, também seguem uma temática de natureza e são lindas. É impossível visitar seu instagram ou blog e não sair apaixonada pela delicadeza e poesia da Johanna.

Daughter of the woods - Feeds inspiradores instagram

@daughter_of_the_woods é o feed da Michelle, uma moça que atualmente mora na Finlândia. De acordo com o seu perfil, ela é uma “mente criativa, exploradora, escritora de letras e amante do Norte”. Seu feed parece ter saído de um conto de fadas, cheio de flores, folhas, árvores, lugares maravilhosos! As cores são mais invernais e outonais, mas amo isso – me dá uma sensação incrível de aconchego. Não consegui descobrir muito mais sobre ela, mas sei que tem um canal no youtube e a edição dos vídeos que vi é tão incrível e aconchegante quanto as fotos dela!

amyflyingakite feeds inspiradores instagram

@amyflyingakite – custei a entender a @ dela, mas depois que entrei no blog entendi: Amy flying a kite, ou, Amy empinando uma pipa. Achei super fofo. Ok, vamos focar: a Amy tem 24 anos, vive no Canadá e tem um blog de poesia e moda. É uma escritora apaixonada, e me identifiquei absurdamente com a página “sobre mim” do blog dela. Ela também é apaixonada por jardinagem e busca beleza no cotidiano. Nas suas fotos, tem sempre muitos elementos naturais. Muitas flores, paisagens lindas, madeira, e um tom que deixa tudo muito acolhedor. Sinto que eu poderia passar horas no seu feed vendo suas fotos, sem nunca enjoar.

teturo_ feeds inspiradores instagram

@teturo_ Teru Menclová é o nome da dona desse feed maravilhoso. Ela é da República Tcheca, mas junto com seu marido ou namorado viaja o mundo fotografando e registram tudo no blog Adventures of Two. Diferente dos outros feeds que indiquei nesse blog, o @teturo_ é mais branquinho, com menos cores, o azul e o cinza chamam mais atenção… e ainda assim é lindo e cheio de elementos naturais também. Paisagens incríveis e flores não faltam no feed, que me passa uma paz e uma vontade de viajar enorme.

dariathelord feeds inspiradores instagram

@dariathelord é o feed da Daria, que, se não me engano, é de Moscow mas está em Praga. Não consegui muitas informações sobre ela, pois seu perfil não diz muito e tudo está escrito em Tcheco (pelo menos é o que o Google tradutor me contou). Apesar de não saber nada sobre ela, sou apaixonada por suas fotos. Tem um ar de nostalgia e uma doçura incríveis, e todas suas fotos tem uma carinha de fotografia analógica, sabe? A natureza também é muito presente em suas fotos e vez ou outra ela posta ilustrações lindas que acho que são dela. As cores “antiguinhas” do feed me fazem morrer de amores!

Esses são os feeds que selecionei dessa vez pra trazer pra vocês! Como puderam perceber, os feeds com fotos que mostram toda a beleza e a delicadeza da natureza são meus preferidos. Se você conhece algum feed assim, cheio de flores, madeira e paisagens incríveis me conta aqui embaixo, vou amar conhecer! E me digam se vocês já conheciam algum dos meus indicados, se gostaram e vão seguir algum, se querem mais posts desse tipo… Lembrando que já indiquei aqui alguns feeds femininos também! Não se esqueçam de me seguir no instagram (sou @lrrnolasco por lá!) e me contar qual seu feed preferido!

28 Comentários
20 09 2016

{Receita} Petit Gateau de chocolate

Petit gateau fácil de chocolate com canela!

As coisas não foram fáceis desde o último post, mas definitivamente não quero falar sobre isso. Hoje venho trazer uma receita deliciosa que já devia ter vindo pro blog há algum tempo, mas como vocês sabem os dias foram corridos no último mês. Para terem uma ideia, já tenho mais 2 receitas fotografadas e prontas pra postar… A cozinha não parou por aqui, mas os posts… Hahah!

Dia 21 de agosto foi aniversário da minha mãe. Estávamos na correria da mudança e ela não queria nem botar a cara pra fora de casa, mas eu e João fizemos um jantar pra ela… Ele fez uma carne com cerveja deliciosa, e eu fiz um petit gateau de sobremesa… Ficaram deliciosos e foi ótimo o jantar! Minha tia veio também dar um abraço nela e comemorar com a gente ❤ Vamos à essa receita deliciosa, super rápida e fácil de fazer, e com gostinho de canela?

Ingredientes

 Petit gateau  fácil de chocolate com canela

Ingredientes 

  • 300g de chocolate meio amargo
  • 250g de manteiga sem sal
  • 80g de açúcar
  • Canela à gosto
  • 5 gemas e 5 claras
  • 100g de farinha de trigo
  • 1 pote de sorvete de creme

 

Modo de fazer

Massa - parte 1

Pra começar, derreta o chocolate em banho-maria. Enquanto espera esfriar, misture as gemas e o açúcar, batendo bem até ficar bem claro. Junte a manteiga e misture até ficar homogêneo. Um comentário aleatório: percebam a diferença da cor da gema do ovo caipira (a gema mais laranja- na foto, é o ovo laranja também) pros outros!

Quando o chocolate já estiver frio adicione-o à mistura – É bem importante ele não estar quente pra não cozinhar as gemas – e misture bem! Depois, junte também a farinha de trigo peneirada e misture devagar até ficar homogêneo. Por último, é só bater as claras em ponto de neve e incorporar à mistura bem devagar e com bastante cuidado. Aqui, coloquei mais ou menos 2 colheres de chá de canela, porque gosto muito de canela… Coloque a quantidade que quiser!

Massa - Parte 2

Agora, é só encher as forminhas! – aqui preciso fazer uma declaração de amor às minhas novas forminhas de silicone. Que coisa maravilhosa! Tinha uma certa resistência por pensar em colocar silicone no forno, mas agora quero todas as formas da minha casa assim. é TÃO mais fácil de desenformar! E essas pequenininhas pelo menos foram bem baratinhas (menos de 10,00 o kit com 6!!). Recomendo demais se você, como eu, gosta de fazer receitinhas assim!

Encha mais ou menos 3/4 da forminha e leve à geladeira por meia hora. Por fim, leve ao forno a 220ºc, por 7 a 15 minutos… minha dica é: deixe 7 minutos e, se ainda não tiver assado, deixe mais 2 minutos e vá conferindo assim, de pouco em pouco tempo. O ideal é assar por fora e ficar derretido por dentro! É importante lembrar também que, ao sair do forno, pelo próprio calor o petit gateau continua assando, então não dá pra fazer e deixar pra comer depois, ok? A receita rende mais ou menos 10 porções, variando de acordo com o tamanho das forminhas… Como iria fazer menos, fiz só meia receita usando 3 claras e gemas… renderam  porções e sobrou um pouquinhozinho!

Forminhas de silicone!Depois, é só servir com o sorvete e aproveitar essa delícia ❤ Fica ótimo, já fizemos várias vezes por aqui! A foto não foi das melhores, já estava escuro e nem pensei em fotografar com ele partido (dãããr Laura!!) mas acho que dá pra ter uma ideia de como fica ❤ E, como viram, é super fácil de fazer né?

Alguém aí já fez petit gateau? E quem também ama? Me contem o que acharam da receita e, se alguém fizer, por favor me conte, vou adorar saber e ver fotos! E outra coisa: alguém aí tem dicas pra fotografar receitas? Tenho tentado formas diferentes, mas sempre acho muito difícil! Hahahah… me contem o que estão achando das fotos e no que preciso melhorar!
Petit Gateau

 

28 Comentários
12 09 2016

Home is where the heart is

pôr-do-Sol da nova casa - Home is where the heart is

Eu gostaria de ter uma foto e um jeito melhor de começar esse post. Ontem a tarde eu e João brincando com a câmera tiramos varias fotos legais, eu iria editá-las hoje para colocar nesse post, mas Amelie está bem dodóizinha e passei boa parte do dia cuidando dela ou com ela na veterinária… Não tem estrutura pra editar foto ou escrever algo mais alto astral, me desculpem. De qualquer forma, queria escrever, e se puderem me mandar um pouquinho de carinho e energia positiva pra Amelie, ficarei grata. Apesar desse começo meio depressivo, esse post é uma novidade bastante feliz para mim.

Semana passada eu falei da correria, mas não queria falar muito sobre até que tudo estivesse resolvido… Agora, enfim, posso deixar o mistério de lado. Em abril desse ano, minha mãe soltou um “vamos mudar de casa?” e eu, de alma cigana que sou, achei a melhor coisa do mundo. Nunca me senti muito em casa em lugar nenhum, e mudar de ares – que seja no mesmo bairro – seria ótimo. Morávamos na mesma casa desde que eu tinha 2 anos de idade. E então, colocamos o apartamento a venda em maio. No principio de junho, vendemos! Ficamos super felizes, e começou a correria para comprar outro…Foram alguns fins de semana acordando cedo e olhando apartamentos até cansar, mas não demorou muito pra que isso acontecesse também. Enfim, antes do meu aniversário no dia 25/06 já estava tudo certo, dependendo de todas aquelas documentações e burocracias das quais não entendo nada. E aí teve problema com correio, teve assinatura no lugar errado, teve um tanto de coisinha que deixou o processo bastante longo e um tanto angustiante.

Faz menos de duas semanas que tudo se resolveu. Na quinta-feira descobrimos que já poderíamos nos mudar na sexta da semana seguinte. Foi um corre daqui, aperta dali, passa na Leroy Merlin, pinta banheiro, embala tudo e enfim… Mudamos! Agora já tá tudo mais ou menos arrumadinho, mesmo que de forma provisória, a casa nova já tá funcional. A foto do início do post é o pôr-do-Sol visto da janela do meu quarto, e a cada dia me apaixono mais por essa vista… sem contar nas árvores que tem na janela da sala!! E o espaço enorme do meu quarto? Sei nem o que dizer!

Na quinta feira antes da mudança, eu, João e Amelie viemos dormir aqui – num colchão de ar mesmo, pra facilitar as coisas com a Amelie no dia da mudança. Bateu uma angustiazinha de “dar tchau” pra casa que morei por tantos anos, e nã consegui segurar as lágrimas… Num abraço, o João me disse: “Não esquece que lá tá só a estrutura. Tudo que cê viveu lá, as lembranças, tão tudo aqui” – com a mão na minha cabeça e no meu coração. Era tudo o que eu precisava ouvir pra me sentir bem… Mais tarde, quando ele foi tomar banho, escrevi um texto que deixarei aqui no fim do post, que expressou muito do que senti. Há muito não escrevo um texto tão grande pro blog, e há muito não consigo ser tão sentimental assim nas palavras… Acho que essa mudança e a história da Amelie realmente mexeram comigo. De qualquer forma, que venham muitas alegrias na nova casa. Muitas fotos do pôr-do-Sol. Muitas novas decorações. Muito aconchego, amigos e carinho. Que essa nova fase me motive ainda mais aqui no blog.

“Não é fácil despedir de uma casa na qual você viveu todas as partes que você se lembra da sua vida. As primeiras amigas estão lá, as festas do pijama, as primeiras receitas, os primeiros amassos. Tudo o que eu conheço como lar está lá. Das melhores partes à falação das vizinhas me acordando cedo. Tanto amor e tanto ódio, tanto medo, tantas emoções, tanto carinho… Tudo, ta lá. Dentro daquele punhado de paredes coloridas e portas menores que o normal. É difícil sair. Pensar que o que conheço como rotina: os pontos de ônibus, a senhora que tá sempre sentada na calçada, a sorveteria da esquina e a lanchonete do outro lado da rua, tudo tá lá, ficou pra trás. Depois de anos pra me acostumar, me assustando com os barulhos e tendo medo de apagar a luz da sala e correr pro quarto. Agora é tudo novo, e a sala fica mais longe do quarto. Mas tem o corredor no caminho. E tem espaço e animo pra decorar tudo do meu jeitinho. E tem amor, tem carinho, tem a Amelie aqui em cima de mim, ronronando. Tem todas as coisas maravilhosas que essa nova casa vai trazer. Tem toda a individualidade, a privacidade e o silêncio. Tem um pôr do Sol maravilhoso que eu posso ver da Janela do meu quarto. Até o chuveiro aqui tem pressão! E tem uma vizinhança que já se mostrou super acolhedora. Tem luz natural. E tem um esforço enorme pra deixar a energia de tudo aqui bem gostosa e acolhedora. Tem uma nova história pra ser construída aqui. Novas amizades, novas festas do pijama, novos amassos. Tem muitas risadas e muitos choros que ainda vão ser vividos dentro dessa nova casa. “Home is where the heart is”. Lá está um amontoado de paredes, aqui está o lugar que construiremos o próximo capítulo da nossa história. Aqui estão todos os pedacinhos de mim que eu mais amo: das lágrimas aos sorrisos. E as melhores companhias do mundo.

8 Comentários