pessoal

8 de junho de 2022

Depois de 2 anos trancada em casa por causa da pandemia, eu voltei a trabalhar com eventos e não deu outra: em 2 semanas, a covid me pegou. Não vou negar a culpa e a frustração que vieram junto – eu passei esses últimos 2 anos realmente muito comprometida com todos os cuidados que a pandemia exigiu e quando descobri que tinha sido contaminada e ainda passado também pro namorado e pra sogra, fiquei um tanto mal.

Mas é aquela coisa, né: uma hora ia precisar voltar a trabalhar e ainda bem que foi depois das 3 doses da vacina, nenhum de nós teve nada além de sintomas de gripe e já estamos todos nos últimos dias de isolamento.

Nesse tempo, acabei ficando trancada no quarto – porque, ainda bem, minha mãe não pegou covid mesmo morando comigo (ela fez 2 testes em dias diferentes, só pra garantir… os 2 negativos.) e tentei aproveitar o tempo, já que não estava passando mal nem nada (só nariz entupido e uma tossezinha meio chata).

Foi frustrante ter que faltar na aula de dança por 2 semanas, já que tem sido meus momentos favoritos da vida, e foi frustrante não poder ir fotografar um casamento lindíssimo que estava agendado (eu ia só como 3ª fotógrafa, então tudo certo).

Mas no fim das contas, os dias acabaram não sendo muito diferentes do restante: editei muitas fotos e entreguei alguns trabalhos que estavam pendentes, li bastante, assisti muitas comédias românticas, tirei um tempinho pra fazer coisas mais elaboradas no meu bullet journal – que tava vivendo bem no básico há uns tempos e eu tava sentindo falta.

Assisti a 2ª temporada de Bridgerton e, inspirada por isso, resolvi ler o primeiro livro da série. A conclusão? Shonda arrasou na série. O livro é até gostosinho de ler, mas essa é uma daquelas raras exceções em que o resultado nas telas é melhor. Agora estou começando o segundo livro, porque acho que não vou ter paciência para esperar pelas próximas temporadas pra conhecer o destino de alguns personagens.

Quando vi o resultado positivo, planejei fazer muito mais coisas durante o isolamento – fotografar algumas coisas para uns posts aqui que quero fazer no blog estava na lista, mas acho que subestimei a quantidade de fotos que tinha para editar – e não esperava que ia mergulhar de cabeça nos livros dos Bridgertons, claro.

Pensando bem, ainda bem que o frio deu as caras de novo – ia ser insuportável ficar presa no quarto sentindo calor hahahah. Eu sempre me sinto melhor no frio – mesmo esse frio absurdo desse ano – e foi bom poder ficar enrolada em cobertas e moletons durante esses dias.

Por fim, resolvi trazer esse post caótico de qualquer forma, mais como um registro do que qualquer coisa. Já que não consegui fazer os muitos posts que estava planejando, ao menos deixo registrado um pouco do que fiz e senti durante esse isolamento.

Amanhã completa 10 dias dos meus sintomas e vou fazer outro teste só pra garantir que acabou mesmo, mas espero que nos vejamos novamente em breve – e sem covid envolvida.

Você também vai gostar

    Junho é o melhor mês e eu posso provar
    Taking Stock #14 – Faz tanto tempo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 Comments

  • K

    pegamos covid no mesmo momento e tb peguei no trabalho (INFERNO). mas no meu caso até que demorou, pq faz tempo que venho fotografando eventos e só agora fui contaminada com essa praga. que bom que já tá melhor 🙂 acho que meus sintomas por aqui foram um pouco mais pesados, mas tô viva kkkcry. ainda preciso fazer o teste (esperando o negativo) enquanto isso sigo isolada, tô adiando pra não ter muita chance de dar positivo (já me sinto muito melhor mas vai que ainda tem um restinho de vírus aqui). comecei a escrever um diário com cada dia covidada, mas nem sei se posto kkk enfim vamos ver

  • Claudia Hi

    Ai Laura, sinto muito pela covid. Mas o negócio é ser positiva mesmo! E infelizmente tá todo mundo sujeito a pegar. Na verdade acho que no fim todo mundo vai pegar e vai ser um tipo de gripe. Que felizmente tem vacina, pra não ser mais grave.

    Espero que dê tudo certo com o resultado e que você possa voltar a sair e fotografar por aí ♥ Se cuida!

  • BA MORETTI

    aquele role de fazer limonada com os limões que a vida dá ná haha ainda bem que os sintomas foram leves e que, apesar dos pesares, conseguiu aproveitar um pouco.

    e quanto a bridgertons, meudeus quando que tem ep novo aaaaaaaaaa

  • Carol adami

    Oi Laura! Adorei conhecer teu blog e um pouquinho mais sobre você!
    Também não escapei do covid (e quem escapou né?)… Mas pensando pelo lado positivo, as vezes é bom tirarmos um tempo pra nós.

    Beijos,
    Carol

  • Paloma

    Nossa que chato pegar isso em… Ainda bem que estamos quase que 1005 em relação a esse virus e os sintomas não nos agride tanto. Em relaçao a fotografar o casamento, é uma pena, pego uns bicos como fotografa as vezes e sou doida para fazer um casamento qualquer dia. Ps: sua capinha é lindinha!

  • Renata Carvalho

    Chato ter pegado o Covid mesmo depois de ter se precavido tanto, tendo que cancelar compromissos… Mas pelo menos que bom que os sintomas não foram graves (obrigada, vacina!) e vc fez certinho em se isolar até passar, o que já é mais do que muita gente que finge que não pegou e vive a vida normalmente, haha.

    Beijos,
    Livro de Memórias

  • Maíra Namba

    Ainn, eu super entendo a sua frustação. Entendo que a gente acaba se cuidando tanto por nós, tanto pelos outros, e as pessoas não se cuidam, isso é frustante. E a vida precisa voltar, e como você disse, que bom que já estão vacinados, eu agradeço todo dia por todos ao meu redor, estarem vacinados! A questão mesmo é continuar se cuidando, mas não deixe de aproveitar a vida um pouquinho com os cuidados! Eu não li os livros, mas a série me tirou o folego ahahhaa

    E a sua pagina de festa junina do bullet journal, ficou LINDAAAA!!! adorei!

    Espero que esteja tudo bem por agoraa!!