fotografia

10 de outubro de 2016

Feminino. Sagrado.

No 8 on 8 desse mês, o tema foi sugerido por mim. Assim, de mansinho, sem achar que iam gostar muito da ideia e lá no fundinho torcendo muito pra que todos amassem. Fiquei absurdamente feliz quando todas toparam. FEMININO era nosso tema de outubro. Apesar da alegria, não tinha ideia do que fotografar. É um tema lindo, mas complexo. É absurdamente fácil cair em fotos e temas clichês, definições batidas e até mesmo machistas. É absurdamente fácil reforçar padrões e ideias desse feminino frágil, indefeso e cor de rosa que a sociedade tanto martela em nossas cabeças.

Escolhi então seguir por um caminho diferente. Minha leitura do mês é “A dança cósmica das feiticeiras”, e ler este livro tem me feito absurdamente bem. Pensei em todos os grupos de sagrado feminino que participo no facebook e em tudo que associo à palavra feminino. Pensei em minha mãe e minha tia, que sempre foram as minhas referências de feminino. Por fim, aqui está um post alguns dias atrasado e um tantinho subjetivo. Aliás, existe algo mais subjetivo que o feminino?

8 on 8: feminino
Eu
Eu
Delicadeza
Força
Luz e sombra
Lua. Pedras.
Ciclo lunar
Velas, incensos e pedras.

  1.  1. 2. Eu. A mulher que existe por trás da câmera.
  2. 3. Delicadeza
  3. 4. Força
  4. 5. Luz e sombra, que fazem parte de todas(os) nós.
  5. 6. Meus colares, símbolos e pedras. A pedra da lua na pulseira e colar de pedra. A lua. A flor de lis – símbolo do sagrado feminino. Os anéis.
  6. 7. Falar de feminino e não falar de lua não funciona pra mim. Ela já estava ali em cima, mas quis reforçar sobre seu ciclo que é igual o nosso. Acabei resolvendo pintar (há quantos anos não pegava em um pincel??) e amei o resultado.
  7. 8. Velas, incensos, pedras, ervas. Tudo isso vem a minha mente quando falo em feminino. Todos os chás, as rezas, benzeções…

“O feminino que acolhe, abraça, aconchega.
O feminino que reza, que acende vela, que faz mandinga, que cura.
O feminino que dança.
O feminino que cria.
O feminino que resgata sua ancestralidade.
O feminino conectado a si e ao mundo.
O feminino que conhece e aceita suas sombras.
O feminino que luta, que grita, que não se cala.”
Laura Nolasco

Bom pessoal, essas foram as fotos do meu 8 on 8 ❤ Não esqueçam de me comentar o que acharam, qua foi sua preferida, no que você pensa ao falar em feminino.. Conta tudo pra mim aqui embaixo! Aproveita e compartilha o post com as amigas! E claro, visitem as outras meninas para mais fotos com esse tema!

Carol Pedrozo || Carol Machado || Day || Dani || Lari || Mari || Vanessa

 

 

Você também vai gostar

    Dezembro entre mares e morros
    Junho é o melhor mês e eu posso provar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 Comments

  • Liz

    Que fotos lindas, cheias de força e significado! Amei mesmo!! Realmente, muita gente tem como o tema “feminino” coisas machistas e que pensam que padronizam, né? Curti mt a ideia e vc debater isso!!

  • Gabriela Charbe

    Adorei ver sua visão de feminino. Realmente é bem difícil de se desprender do padrão de “feminino” que a sociedade tanto impõem. Mas você conseguiu mostrar o seu lado feminino muuuuito bem! Amei as fotos, ficaram lindas! Beijos ♡

  • Erika

    Oi Laurinha, que post mais amorzinho. Realmente feminino é um tema muito abrangente e dá para pensarmos em várias abordagens. A direção que você seguiu foi incrível. Uma foto mais linda que a outra. Você como sempre nos encantando com seus cliques. A minha preferida é a segunda. Beijos, Érika *-*

  • Clara Fagundes

    Interessante como você conseguiu passar tão bem a mensagem em 8 fotos. A força, a delicadeza, os detalhes, o ciclo, o exotismo, as crenças… Achei lindo, de verdade! De todos os projetos fotográficos que você já fez, esse é o meu favorito, sem dúvidas. E olhe que eu amo todos!

  • VANESSA BRUNT

    Quanta poesia, quanta sensibilidade, quanta lição, quanta garra, quantos teores motivacionais! Poderia passar o resto do ano citando elogios para cada uma das entrelinhas de peso que cada uma dessas imagens incríveis transmitiu. Obrigada por essas lindezas, por ser metáfora ambulante em plurais e por alargar discussões tão fundamentais mesmo que apenas, neste momento, através de palavras em silêncios. Sensacional!

    http://www.semquases.com

  • Mel

    Achei tão lindo o seu corte de cabelo e o batom que você está usando na primeira foto ficou uma graça por conta do contraste com a sua cor de cabelo (não faço ideia do que estou falando, mas achei tudo muito lindo! haha) e a sua pintinha é uma graça!

    Amei o post e suas palavras e achei que a sua pintura do ciclo da lua ficou encantador. Amei o tema também, nunca tinha visto um igual a esse antes. Achei ele muito único, forte e inspirador 🙂

  • Thamires Kaled

    Oi Laura, acabo de passar por aqui e já me apaixonei pelo seu blog! Achei suas fotos lindas! Mulheres são tão fortes, mas ao mesmo tempo tão frágeis. Gosto também de tudo que seja místico. A Lua é o ser feminino desde os princípios dos tempos; habita o céu e nos dá proteção para conseguirmos viver na Terra. É impossível não falar sobre ela quando se fala da mulher. Não é a toa que temos ciclos parecidos, às vezes até igual.
    Seu post foi realmente inspirador, obrigada por tê-lo escrito. <3

  • Carol Machado

    Como sempre arrasando nas fotos, só lindezas <3 todas as fotos cheias de significados, fortes e delicadas ao mesmo tempo, você é incrível, a minha foto preferida foi o contraste de luz e sombra.
    Menina, você pinta? Que maravilhosidade essas fases da lua, sério, se você fizesse um quadro desses e vendesse eu compraria com toda a certeza!
    Beijos!
    http://www.sweetcarolinee.com

  • Lari

    Só fotos lindas como sempre <3 amei demais a das pedras, velas e folhinhas! e adorei o lado que levou para as fotos, ficou incrível e com um significado mais forte ainda. Teu cabelo ta um amor que só curtinho assim *-*

  • Victoria de Andrade

    Que coisa mais linda! Amei as fotos, o tema e o sentido que você trouxa para cada uma delas. Que tal você fazer um post falando sobre sagrado feminino? Adoraria saber mais. <3
    Blog da Vicky