Warning: call_user_func_array() expects parameter 1 to be a valid callback, function 'theme_prefix_enqueue_script' not found or invalid function name in /home/ameninad/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php on line 286
05 02 2019

A viagem que parou o tempo – Nova Viçosa

Pôr do Sol em Nova Viçosa - por A Menina da Janela - Laura Nolasco

Começamos o ano por aqui pondo o pé na estrada – eu, obviamente, não poderia ficar mais feliz com isso. No dia 2 de janeiro acordamos, demos um pulinho na cachoeira lá no sítio e logo depois do almoço saímos eu, João e os pais dele – a meta no primeiro dia era chegar em Itambacuri, uma cidadezinha de Minas que fica entre Governador Valadares e Teófilo Otoni.

Já tínhamos reservado uma pousadinha lá só pra dormir, já que a viagem é longa -12/13 horas – e o calor não deixa a gente em paz nem por um segundinho. Já tínhamos dormido na mesma pousada há dois anos atrás, quando fomos pra Nova Viçosa também, mas dessa vez o calor castigou mais e praticamente não dormimos… Mas só de dar uma pausa, comer, sair do carro e principalmente tomar um banho geladinho já ajuda muito hahahah…

Dia 3 acordamos no horário que o café da manhã começava, comemos e saímos, agora para o destino final: Nova Viçosa, na Bahia. Meu sogro tem uma casa lá com os amigos e todo fim de ano vão todos eles mais as famílias e amigos… uma quantidade de gente suficiente pra movimentar a cidade e ocupar as pousadas todas hahahah.

Quando chegamos já fomos correndo pra praia matar o calor e a saudade do mar… Eu nunca me lembro o quanto amo o mar até entrar nele de novo. A partir daí a gente entrou no ritmo da cidade e da casa: acordar cedo todo dia (calor e barraca… até eu acordo cedo naturalmente hahahah!), ir pra praia, voltar pra casa, almoçar, deitar na varanda, brincar com as crianças, jogar, ler, cochilar, tomar picolé… Até o sol chegar na marquinha da parede (a criançada da casa fica vigiando! É a hora que o sol da Bahia já não está tão forte) e todo mundo volta pra praia, vê o pôr do Sol (que é sempre um espetáculo diferente por ali), toma banho de mar…

Nesse momento também sempre tem uma galera que vai jogar volei (quando a maré tá alta) ou futebol (quando a maré tá baixa e forma um “campão” na areia…), adoro isso de até as brincadeiras serem guiadas pela lua/maré ❤.


Depois disso todo mundo volta pra casa, lancha, começa a fila pra tomar banho – enquanto uns tomam banho os outros jogam, cantam, dançam, batem papo… Vira aquela montoeira de gente na casa arranjando alguma coisa pra fazer pra passar o tempo. Mais tarde os grupinhos vão saindo pra cidade pra comer, andar na feirinha (comer churros!), tomar uma cachacinha do Seu Bibi – um senhorzinho muito gracinha de lá… Várias vezes fomos pra praia de noite e ficamos deitados na areia vendo o céu, que é fantástico de lá – dá pra ver a via láctea e contar um tanto de estrelas cadentes.

A rotina se repete assim e os dias parecem infinitos… Esse ano também teve a festa de 40 anos(!!!) da casa, então decoramos a casa com coisas que fazem parte da história, teve vídeo, muita música, cachorro quente e bolo de aniversário! hahahah… foi ótimo!

Fiquei na dúvida sobre fazer esse post, afinal, não tem muito o que mostrar e até queria ter sido mais blogueirinha – até tinha planejado fazer algumas fotos, mostrar algumas coisas específicas… mas lá só conseguia viver o momento. Resolvi trazer porque foram dias deliciosos com pessoas que adoro, então merecem ficar marcados aqui com esse compilado de fotos e relato rapidinho…

Pra fechar, umas fotozinhas do último dia lá – minha sombra se despedindo do mar, de um açaí delicioso que rolou e tinha “só” 300mL apesar da foto fazer parecer gigante… E do pôr-do-Sol de volta em Minas, quando a gente se perdeu numa estrada de terra perto do sítio e viu esse espetáculo de pertinho da Serra do Gandarela ❤. Agora é a vez de vocês me contarem: como foram as férias ou o início de ano por aí? Também tiveram a sensação de que janeiro foi eterno?

2 Comentários

2 Comentários em "A viagem que parou o tempo – Nova Viçosa"

  1. Taís disse:

    Que delícia de post, Laura! Esse relato também me lembrou um pouco das minhas férias de verão na infância no litorial de SP. Os dias pareciam infinitos e como era gostoso viver cada um desses momentos. Teu post me transportou pra memorias bem agradáveis. E que vontade de conhecer a Bahia!

    Beijos :*

    [Reply]

  2. Que viagem deliciosa Laura! Praia, férias, calor e na Bahia, que sonho! Foram dias incríveis tenho certeza ♥

    [Reply]