lifestylepessoal

7 de janeiro de 2021

Toda vez que eu vou fazer esse post eu fico chocada. De 6 em 6 meses, perto do meu aniversário (25/06) e perto do Natal, eu volto aqui com esse post. Manter essa tradição há 6 anos é algo que me deixa muito feliz – já rolaram atrasos e faz tempo que o Taking Stock não sai certinho nos dias 25 de junho e dezembro, mas sempre sai.

É sempre um momento de reflexão pra mim, além de ser quando eu tiro um tempinho pra ler os posts antigos do projeto e relembrar coisas que aconteceram comigo ao longo dos anos.

Taking Stock #12

Normalmente, eu lembro das coisas meio “nossa, eu realmente tava surtando por uma prova do CEFET…” e rio de como tudo passa… no momento, tô só torcendo pelo dia que estarei plena e vacinada lendo esse post e rindo de lembrar das loucuras que a gente viveu na pandemia.

Sem mais delongas, porque tô me sentindo nostálgica & ansiosa e poderia falar sobre isso por horas, vem conferir o que tem acontecido por aqui:

Taking Stock #12

#Ouvindo: eu até fiz um post há uns tempinhos atrás contando o que eu tenho ouvido por aqui. Se você quer mais detalhes, pode ir lá conferir porque indiquei algumas bandas bem legais! De forma geral, tenho ouvido bastante indie-rock, indie-folk, folk-rock ou algo assim, já que nunca sei definir essas coisas direito. No momento, meus maiores vícios são Chris Stapleton e Hozier.

#Lendo: em julho eu comprei um Kindle pra mim e foi uma das melhores decisões de 2020. Fazia anos que eu não lia tanto e isso me deixa feliz demais. Tenho lido muitos romances bobinhos (e quentes, rsrs) do Kindle Unlimited, mas dos mais relevantes mesmo, o último que terminei foi O Ano Em Que Disse Sim, da Shonda Rhimes. Recomendo demais, em breve pretendo falar mais dele e das minhas outras leituras por aqui!

#Agradecendo: por ter chegado viva ao fim de 2020, assim como todas as pessoas que eu amo. É assustador ver essa doença se aproximando de quem a gente ama, mas por aqui tenho a sorte de todos estarem bem e isso pra mim é motivo pra agradecer infinitamente.

#Pinning:  muitas inspirações pra ensaios femininos (tô morrendo de saudade de fotografar ensaios) e também muitas inspirações pro meu bullet journal de 2021, que em breve pretendo mostrar aqui ❤️

#Pensando: entrando um pouco em pânico, na verdade, sobre como 2021 é, provavelmente, meu último ano na faculdade. Em alguns meses tenho que estar pensando em TCC e isso tem me estressado MUITO.

#Assistindo: pouca coisa. Tenho passado meu tempo livre lendo mais ou pintando ou algo assim, até escrevendo. Assisti recentemente O Gambito da Rainha e até gostei, mas continuo irritada com o nome feio hahahah

#Necessitando: focar na faculdade, que é algo que nunca fiz mas agora sinto que vai ser preciso. Eu só quero formar logo e ficar livre pra sempre do mundo acadêmico – que eu descobri, de uma vez por todas, que não é pra mim.  

#Planejando: dar uma ~sacudida~ no meu negócio de fotografia, atualizar portfólio, movimentar redes sociais e etc. Também entrar em contato com a minha futura-orientadora do tcc 

#Estudando: literatura. Muita. E eu odeio. É que, de repente, todas as matérias de literatura que eu evitei durante todo o curso olharam pra mim e falaram: ou me encara, ou não forma. É. Tenso.

Mas pra não ficar só nas coisas ruins: tenho estudado bastante edição de fotografia também  ❤️

#Desejando: uma vacinazinha. Ponto final.  

#Amando: meu bullet journal de 2021, minhas edições depois da mentoria que fiz, os diazinhos de férias mesmo ficando só em casa e no sítio.

#Vestindo: eu tô em casa desde março de 2020, né? Muito short e camiseta agora que tá calor, mas as vezes coloco um colarzinho, um brinco e passo um rímel só pra matar a saudade de me arrumar.

A parte boa é que nos últimos 10 meses eu coloquei sapato só umas 3 vezes, quando tive que sair sem ser pro sítio (e eu odeio sapato, minha vida é mais feliz descalça).

#Comendo: muita comida da minha mãe? hahahah… comia muito na rua antes da pandemia, então isso mudou bastante. Também tenho comido risoto com mais frequência, já que é uma das poucas comidas que sei fazer bem.

#Sentindo: angustia por esse governo e população irresponsáveis agindo como se a pandemia não fosse séria, mas um certo alívio por sentir que em breve, de um jeito ou de outro, a vacina chega.  

#Desfrutando: de como os dias são mais tranquilos quando você não passa 4 horas por dia em um ônibus. Do tempo extra que tenho tido para ler, ver filmes, fazer as coisas que eu gosto e experimentar coisas novas como pintar.

Como anda a vida por aí?

Por aqui, é isso. Tô aqui curtindo minhas semanas de férias e um tantinho frustrada por não poder viajar ou passear, mas tentando curtir da forma que dá. Vou tentar aparecer por aqui mais vezes na próxima semana, pra aproveitar mais um pouquinho das férias.

Me contem: como anda a vida por aí? O que vocês tem lido ou assistido de bom?

Você também vai gostar

    Taking Stock 13
    Taking Stock #13 – os últimos meses por aqui
    6/52 —Taking Stock #11: vida em quarentena

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comments

  • Claudia Hi

    Aww eu adoro o Taking Stock!

    Chris Stapleton só conheço aquela Tennesse Wiskhy, vou ouvir esse quando chegar em casa.

    Seu bullet journal tá lindo! Fico babando com as fotos que você posta no instagram ♥

    Ai menina, por aqui também só uso shorts e camiseta, pra disfarçar as gordurinhas que ganhei nessa pandemia haha

    É isso, rindo pra não chorar.

    Bjaoo

  • Karine

    meu deus, 6 anos fazendo esse projeto! amei ♥ hahahahaah aliás, você me deu uma boa ideia de definir um tempo pra postar ele no blog, porque sempre me esqueço (preciso atualizar o meu). amei que tá usando o tempo livre pra criar coisas, também ando fazendo isso (quando possível) ♥

  • Alê

    Menina, eu sou muito lesa… Acredita que eu tô esse tempo todo achando que deu blog não tem mais comentários? hahahhaa Só agora que tive a brilhante ideia de clicar no título do post e pãram! Apareceram os comentários. Mesmas vibes das roupas confortáveis por aqui. Quando preciso sair de casa é um grande evento vestir uma calça jeans hahaha