06 07 2016

Porque eu preciso falar de amor

Vamos falar de amor

Há quanto tempo não falo de amor? No começo do blog, antes mesmo de entender pra que servia um blog e usando-o como diário virtual, era o principal assunto por aqui. Os assuntos mudaram, mas sempre preguei que esse era meu lugar para falar de tudo o que amo… E vou ser sincera, doeu perceber o quanto ele se tornou impessoal. De repente, falo de tudo um pouco – menos de mim mesma.

Tenho meus motivos, claro, e não cabe citá-los aqui. Mas hoje olho e sinto falta das fotos de passeio tiradas com o celular, das tardes com os amigos, de falar do que sinto. E quando olho pro blog, não me vejo. Não sinto que devia ser assim.

É que de repente a gente ganhou um medo bobo de falar de sentimentos, de mostrar quem é – afinal, pra que serve mesmo um blog pessoal? De repente me vi escrevendo muito para vocês – sim, exatamente como faço nesse post agora – e pouco pra mim. É tanto post sobre definir publico, definir nicho, escrever pro seu leitor… que no final eu, que só queria ter um blog pessoal, me vi perdida e sem motivação. A gente vê aqueles blogs bonitos de lifestyle com vidas perfeitas e emolduradas pra caber no instagram e se sente estranha por mostrar nossa vidinha simples – mas cheia de carinho – nessa Internet que me mostra cada vez mais que tem lugar pra todo mundo.

De repente o blog não pode mais ter foto de celular – a qualidade importa mais que o momento que a foto foi tirada – sim, esse é um post de auto crítica, um puxão de orelha pra mim mesma – e, apesar de ter um pouquinho de várias coisas que eu amo, não tem mais eu por aqui. Poderia ser o blog de qualquer pessoa que gosta de fotografar e cozinhar um doce de vez em quando. Eu falo muito sobre o filme e pouco sobre a ida ao cinema. Muito sobre a música, nada sobre como me senti ao ouvi-la. Muito sobre as fotos e pouco sobre como foi o dia, quando foram tiradas, porque, o quão divertido, complexo ou desafiador foi fotografá-las. Eu não falo sobre as minhas experiências. Eu não falo sobre o amor. 

Atualmente, eu me definiria bem como uma boba apaixonada – daquelas que pode botar na legenda da foto que “Até quem me vê lendo jornal na fila do pão sabe que eu te encontrei…” e nem uma alma viva vai duvidar, tamanho é o sorriso estampado na cara. E, ainda assim, eu não falo sobre o amor. Se você procurar aqui no blog – repito, um blog pessoal – não vai encontrar nem meio vestígio disso… No máximo um post em que chamei ele de “moço” porque achei esquisito falar “meu namorado” e até postar uma foto no meu instagram- que devia ser uma coleção de fotos de coisas que me inspiram e me fazem feliz – com ele foi esquisito.

Amelie

Mas esse é um blog pessoal, e como pessoa tem um monte de outras pessoínhas que, vivendo junto comigo, me ajudam a construí-lo. Para começar com o pé direito toda essa coisa de retomar o cunho pessoal do blog – sim, é o que quero fazer e o que motivou esse post, apesar de saber que não vai ser fácil – resolvi citar nomes: quer algo mais pessoal que um nome?

Tem o João- que já foi citado nesse post e nesse blog, mas só agora ganhou nome- e que tem sido a pessoa mais carinhosa e fofa, que faz as melhores comidas do mundo inteirinho, além de me deixar toda sorridente pelos cantos. Tem minha mãe – oi, oi, dona Regina! – que a cada dia se torna mais confidente e companheira, de forma que jamais imaginei que seria. Tem a Lups, amiga doidinha e divertida com quem me sinto livre pra falar todas as besteiras do mundo e mais algumas. E tem até a Amelie, minha gatinha e companheira de madrugadas que adoça meus dias com suas trapalhadas e ronrons. Eu falo muito de quem me inspira através das telinhas, mas me esqueço de mostrar o tanto de gente de carne e osso que tá aqui nos bastidores me dando os abraços mais gostosos do mundo, compartilhando momento, ajudando nas receitinhas, saindo pra comer coisas gostosas e, enfim, vivendo junto comigo e me inspirando a ser quem sou.

Claro, não digo – nem quero- que o blog irá virar um reality show da minha vida, mas sim que, aos pouquinhos, a Laura de carne e osso, as experiências, as viagens, os passeios, as janelas vão aparecer mais por aqui. Porque o blog está aqui pra falar de mim, pra ser meu cantinho, meu diário, pra mostrar meus momentos, minhas fotografias – das mais planejadas à aquelas da câmera frontal do celular! O blog está aqui pra mostrar a leveza dos meus dias e pra deixar os dias pesados mais leves. Pra me inspirar e pra inspirar quem mais quiser se aconchegar por aqui. Porque o blog está aqui para falar de amor. 

28 Comentários
29 06 2016

TAG: Onde eu iria…

TAG Onde eu iria...

Um dos grupos de blogs que mais amo, o Bloggers Out and About, criou mais uma TAG e eu, como boa amante de viagens que sou, não poderia deixar de responder, né? Confesso que morro de vontade de fazer mais posts por aqui falando sobre viagens e etc, mas como não tenho viajado muito – e quando viajo é pra casa de amigos – acaba ficando difícil. Então, nada melhor que uma TAG com esse assunto lindo pra trazê-lo de volta aqui pro blog, né?

A ideia é escolher um destino que você gostaria de ir em cada uma das situações… Fiquei na duvida se faria um post com lugares que já conheço e que voltaria em cada situação, se nomearia lugares específicos, se escolheria só destinos nacionais… No fim das contas resolvi fazer bem livre mesmo, com destinos nacionais e internacionais, lugares específicos e países inteiros, conhecidos e que ainda estão só em sonho… Sem nenhuma limitação. Espero que gostem do resultado!

TAG BOOA: Onde eu iria…

  1. 1. Tomar um café.

Livraria Espaço Café
Bom, pensei em algumas coisas como Paris, simplesmente porque parece legal pensar em tomar um café em Paris, mas… AAAh, não sei não, acho que não troco o cafézin mineiro por nenhum outro no mundo. Pra falar a verdade nem tenho o costume de tomar café puro, mas amo misturas com ele… Escolhi pra esse tópico a Livraria Espaço Café B, em Diamantina, que tem um clima delicioso e super aconchegante, cheio de livros, com um cheiro delicioso de café e o melhor petit gateau de café da vida! A sorte foi eu ter tirado uma foto da placa da última vez que fui lá, senão nem saberia dizer o nome!

Livraria Espaço Café B – Beco da Tecla, 31, Diamantina, Minas Gerais, Brasil
  1. 2. Passear ao ar livre.

Jericoacoara

Acho que tem MUITOS lugares que eu iria pra passear ao ar livre… É uma das coisas que mais curto em viagens – não sou fã de locais fechados e apesar de curtir visitar museus, um parque ou área aberta e verde me chama muito mais atenção. Pensei em sair do Brasil e obvio, as opções são mil: Bolívia, Peru, México, Costa Rica… Irlanda, Islândia, Nova Zelândia… Tem MUUUITO lugar lindo pra conhecer. Percebi que não ia conseguir escolher e voltei pro Brasil: lembrei que uma vez vi um post de alguém sobre Jericoacoara e fiquei louca pra conhecer… parece um lugar fantástico!!

  1. 3. Beber com os amigos.

Bom, eu não sou uma pessoa que bebe – mas gosto demais do clima de barzinho e tals… Não sei dizer exatamente o porquê, mas quando fala em viagens e bebida juntos eu penso automaticamente na Alemanha ou na Irlanda. Tenho muita vontade de conhecer ambos e não sei escolher um… Mas lembrei desse post da Taís e resolvi que Köln, na Alemanha, era uma boa pedida.

  1. 4. Num encontro romântico.

Eu meio que consigo pensar em encontros românticos até na esquina de casa (sério, o sanduba daqui e o namorado juntos me fazem mais que feliz!) e acho que a parte do “romântico” vai muito mais do clima do casal que do lugar em si… Mas pra uma viagem a dois, gosto mais de pensar em lugares friozinhos e aconchegantes. Monte Verde, em Minas me parece um lugar ideal…  A Juh Claro fez um post sobre a viagem dela com o noivo pra lá, se nunca viu nada sobre a cidadezinha ou se já tem vontade de conhecer, aconselho ir lá ler pra ficar com mais vontade ainda!

  1. 5. Ver arte.

Como já disse, não sou tanto dos museus e galerias de arte e coisas assim… Gosto, mas não são lugares que eu colocaria no roteiro da viagem, sabe? De qualquer forma, só consegui pensar em Paris pra responder esse (e acho que no Louvre me sentiria dentro do filme O Código Da Vinci hahahah).

  1. 6. Comer.

2

A pessoa que vos fala é totalmente apaixonada pela Itália, e falar em viajar pra comer e não pensar na Itália não dá, né? Fui procurar uma imagem pra ilustrar esse item e quando vi já estava há 2 horas lendo posts com indicações de restaurantes em Roma, Toscana e Veneza, curiosidades sobre a culinária da Toscana e pratos típicos de cada região… Pessoa focada eu, né?

  1. 7. Apreciar a paisagem.

santorini_7242228

Um lugar que sonho em conhecer é a vila Oia, na ilha de Santorini, Grécia… O pôr do sol de lá é conhecido como um dos mais bonitos do mundo – também, por trás desse marzão, não tinha como não ser, né? – e a ilha toda parece linda. Oia me chama muita atenção pelo pôr-do-Sol obviamente, mas essas casinhas brancas construídas na pedra e igrejas com telhado azul combinando com o mar também não são nada mal, né?

  1. 8. Fazer compras.

Quase que eu coloquei a feira Hippie de BH aqui nesse item porque eu simplesmente AMO a feira hippie e se você me ver com uma blusa/saia/vestido diferente pode imaginar que é de lá. Mas aí eu estaria em BH e… não tem sentido, né? Não conseguia pensar numa resposta, mas conversando com o namorado ele falou “nossa, imagina você nas lojas de roupas indianas?” e aí pensei bem e… é, minha mala voltaria bem recheadinha. Fui pesquisar mais e descobri o Dilli Haat – um mercado a céu aberto em Déli, India. Achei bem legal e resolvi colocá-lo aqui.

  1. 9. Pra balada.

Ok, novamente, sou a pessoa que nunca pisou numa balada e que muito dificilmente gastaria uma noite de uma viagem numa balada – juro, não faz sentido nenhum pra mim. Não faço ideia do que colocar aqui. Aí resolvi escolher um lugar que quero conhecer – não por balada nenhuma, só por conhecer mesmo – e, no caso, passar uma noite nesse lugar lindo fotografando esse céu incrível! Aah, é uma reserva sem poluição luminosa na Nova Zelandia – Aoraki Mackenzie International Dark Sky Reserve.

  1. 10. Ficar sozinho.

Não tenho muita vontade de viajar PRA ficar sozinha, mas sim de viajar sozinha – sim, há uma grande diferença aí – e isso torna um pouco difícil pensar em viajar PRA ficar sozinha. Acho que nessa situação me sentiria mais confortável no Brasil – acho que estar sozinha num lugar onde ninguém fala seu idioma deve ser um pouco solitário DEMAIS… Quase escolhi Ouro Preto, mas já fui algumas vezes e pensei que algo que eu não conheça seria mais legal… Lembrei desse post  do Tá Indo pra onde? e, mantendo a ideia de cidade histórica mineira, escolhi São João Del Rei… acho que seria incrível!

É isso pessoal! Adorei responder essa TAG e espero que gostem de ler! Me contem: vocês iriam para algum lugar igual ao meu em alguma dessas situações? Quais? E se não, pra onde iriam? Me contem! Aaah, e se já responderam ou responderem essa TAG também não esqueçam de deixar o link aqui pra mim…. vou adorar ler!

33 Comentários
25 06 2016

18 antes dos 18 – Metas concluídas!

18 antes dos 18 - Metas concluídas!

Bom, há tempos que no dia do meu aniversário tem um post BEM pessoal aqui, né? Acho que é uma forma gostosa de comemorar com vocês! Esse ano em fevereiro fiz um post com algumas metas que queria concluir antes dos 18 anos baterem à porta, e agora venho mostrar o resultado pra vocês: até fiquei bem feliz, conclui grande parte das metas e isso deixou ainda mais claro pra mim que estabelecer metas a não-tão-longo-prazo funciona melhor pra mim que fazer aquelas listas de ano novo, sabe?

Eu queria gravar um vídeo explicando melhor o que aconteceu com cada item da lista e esse post teria só a lista com as metas riscadas ou não, mas não consegui gravar: essa semana foi tensa, teve insônia, teve stress, teve TPM e até fiquei meio dodói mas já tá tudo ok de novo. Com isso, o post fica um pouco maior do que eu planejava, mas vamos lá!

]]

METAS PESSOAIS

1- Refazer meu segundo furo!

É.. Novamente, essa meta ficou esquecida. O grande problema é: minha mãe precisava autorizar pra eu concluir essa meta antes dos 18 anos, mas… Nunca coincidia da gente ir perto da farmácia juntas num horário que funcionasse.

2- Me aventurar mais na cozinha (ou “aprender pelo menos o suficiente pra sobreviver”)

É, talvez essa meta tenha se concluído de uma forma diferente, mas com certeza me aventurei mais na cozinha (a nova categoria “receitas” aqui não me deixa mentir!) e mesmo tendo focado mais nos doces, tô feliz com o resultado.

3- Ler pelo menos 5 livros (3/5)

Meio que falhei nessa meta… Li 3 livros nesses 5 meses, o que é BEM pouco, mas já fiquei feliz depois de não ter lido quase nada o ano passado inteiro. Não é uma meta concluída, mas já dá pra comemorar.

4- Completar mais um mês do Desafio primeira

SIIIM! Em fevereiro conclui essa meta, com um atrasinho ou outro mas não importa: fotografei e postei todos os temas e fiquei muito feliz! Agora em junho tentei de novo, mas com o corre corre que foi e cheio de idas pro sítio, acabei me atrasando muito e desistindo… Mas de ter completado em fevereiro já fiquei feliz!

5- Fotografar todo dia (ou quase todo dia)! ?

É, comecei essa meta muito bem e depois… fuen fuen fuen fuen. Não consegui mas diria que fotografei 89% dos dias desde que a meta foi estabelecida… Dá pra ficar feliz.

6- Comprar um livro sobre fotografia. 

SIIIM! Como contei no post sobre a Bienal do Livro, comprei o livro “Leia isso se quer tirar fotos incríveis” com um preço super bacana! Já comecei a ler e estudá-lo e tô gostando bastante!

PÉS

7- Ir a dois shows. (1/2)

Bom, nesse caso fui só em 1 dos 2 shows, mas levando em conta que foi um show dos Rolling Stones acho que essa meta foi bem, né? Queria muito ter ido num do Cícero que teve em BH e outro do Teatro Mágico, mas faltou companhia então ficou pra próxima.

8- Ir ao cinema sozinha!

SIIIM! Queria ir ao cinema sozinha só pra ver como me sairia, sabe? Ultimamente tenho conseguido sentar sozinha num restaurante e comer sem me sentir constrangida e achei que ir ao cinema sozinha seria um bom próximo passo… Um dia a aula acabou mais cedo, dei a louca e fui direto pro cinema… O único filme que tinha ingresso e horário possível pra mim era Mother’s Day – ou, em português, O Maior Amor do Mundo- e apesar de ser um filme bem bobinho foi divertido ir sozinha – e comer um pacote de pipoca tamanho “gigante” sozinha!

9- Fazer uma limpa no meu guarda-roupa (Sem dó!)

SIIIM! Mais uma meta que fiquei feliz de concluir.. Tinha muitas peças de roupa e alguns sapatos que nem lembrava ter, que nunca usei, que não gostava mais, que não fazia sentido sabe? Agora já foi tudo pra doação e meu guarda-roupa está mais com a minha carinha ❤❤

10- Me habituar a usar agenda 

SIIIM! Bom, não a agenda em si, mas me acostumei a imprimir um planner mensal todo mês e pregar na parede do quarto pra ter uma visão geral do mês, além de ter feito um caderninho super fofo de “planner”… Lá anoto ideias e dados do blog, coisas que preciso fazer no dia seguinte e tudo o que preciso ter anotado, é ótimo!

11- Conhecer 5 bandas novas ? 

Olha, essa eu não sei estabelecer quantas bandas novas eu conheci. Na verdade, comecei a ouvir um tanto de coisas que não ouvia tanto antes ou que mal mal conhecia (por exemplo, Ed Sheeran, John Mayer, Mumford & Sons e várias outras coisas da playlist que postei no Taking Stock). Como foi uma grande quantidade de gente nova na minha playlist, vou marcar como feita

12- Assistir 10 filmes (não repetidos!)

Olha, essa me surpreendeu bastante, viu? Sou super de ficar na minha zona de conforto e apelar sempre pros mesmos filmes, mas… Ainda em fevereiro passei uns dias atoa na casa da minha tia e pronto, meta concluída. Sim. Um fim de semana, mais de 10 filmes. E no total desde então, com os filmes que assisti com o moço, os filmes que assisti sozinha em casa, os filmes que vi no cinema… chuto que mais de 30 novos filmes.

Capturar

METAS PARA O BLOG

13- Fazer um look do dia!

YEEEY! Se você acompanha o blog deve ter visto o meu primeiro look do dia, que foi fotografado na bienal do livro… Fiquei super feliz que muita gente gostou e já tô com vontade de fazer mais! Que tal um com esse climazinho delicioso de inverno?

14- Ter um layout só meu

OK! Se não me engano foi em março que o blog ganhou carinha nova e exclusiva! Até hoje fico babando no quão lindo eu tô achando tudo por aqui… Quem fez tudo foi o pessoal da Semantike e ó: super indico! Foram super fofos e pacientes e se esforçaram muito pra deixar tudo do jeitinho que eu imaginava, o preço foi maravilhoso, foram muito atenciosos, tudo foi entregue no prazo certinho! Amei demais!

15- Pelo menos 4 posts por mês

Tá aí mais um resultado que me surpreendeu: desde fevereiro todo mês teve MAIS que quatro posts, alguns tiveram 6, outros 8… Tenho conseguido postar numa frequência bacana e o resultado tem sido ótimo! Fiquei com medo de me empolgar no início e não conseguir manter o ritmo, mas nesse quesito… palmas pra mim! Hahahah

16- Mais receitas (doces!)

OK! Essa meta até ficou parecendo meio repetida, mas além de fazer mais doces (e outras comidas também, apesar de em menor frequência) consegui trazer até agora pelo menos 1 receita por mês! Fico muito feliz de ver que é um dos posts com maior feedback e todo mundo tem curtido bastante… Eu adoro fazer e vocês curtem ler, tem combinação melhor?

17- Movimentar a página do facebook!

Tá aí algo que não sei lidar: a página do blog no face… Eu simplesmente não sei o que postar, não lembro dela, não consigo interagir muito por lá… Todas minhas redes sociais funcionam bem legal, mas ela não vai MESMO. Tem alguma dica pra me ajudar a melhorar isso?

18- Posts sobre fotografia

Mais uma meta concluída, êêêê o/ Bom, na verdade só saiu sobre fotografia mesmo o último post, com 5 dicas para deixar suas fotos incríveis, mas já fiquei bem feliz com ele e já tem alguns outros posts salvos nos rascunhos aqui prontinhos pra postar! Então, meta 18 concluída o/

Bom, no final das contas só faltaram 4 metas para concluir e delas 2 ficaram pela metade, então tô bem feliz! Agora me contem: vocês gostam de fazer metas assim? E o que acharam do post? Se identifica com alguma dessas metas? Me conta nos comentários! Agora vou ali passar meu dia junto com pessoas especiais e comer coisinhas gostosas e todas essas coisas de aniversário, mas já já volto pra responder todo mundo, ok? Beijos, até mais!

15 Comentários
16 06 2016

5 dicas simples para melhorar suas fotos

Fotos incríveis em 5 passos - 5 dicas simples para melhorar suas fotos!

Sempre que pergunto sobre o que gravar, a resposta é automática: “fotografia”, “dicas para fotos melhores”, “sobre seu equipamento fotográfico!”… Por um tempo, fiquei sem jeito de gravar algo que não fosse uma TAG, pois sem as perguntas para me direcionar achava que ia acabar ficando meio perdida… Mas resolvi gravar assim mesmo, bem “pra ver no que vai dar” e o resultado tá aqui!

Bom, para começar, escolhi 5 dicas bem simples e que podem ser praticadas independente do equipamento – celular, compacta, DSLR, analógica… Tendo uma câmera em mãos, vai tudo funcionar! São hábitos simples que estimulam nosso olhar fotográfico e, consequentemente, deixam nossas fotos muito melhores.

Pretendo gravar mais sobre fotografia e, portanto, perguntas e dicas são SEMPRE bem vindas! Aah, claro, se não quer perder nenhum vídeo com esse tema, não esquece de se inscrever lá no canal no youtube! Aproveita e se gostar do vídeo, deixa seu curtir lá pra mim e compartilha com os amigos ♥❤  Aaah, e já ia me esquecendo de contar: no final do vídeo tem participação especial fofíssima da Amelie: minha gata! Hahahahah

5 Dicas simples para melhorar suas fotos!

 

Bom, as dicas estão listadas aqui, mas pra entender melhor cada uma delas só assistindo o vídeo, ok?

  1. 1. Fotografe todo dia;
  2. 2. Participe de projetos;
  3. 3. Inspire-se!
  4. 4. Leia sobre fotografia;
  5. 5. Mude os ângulos!

É isso, pessoal! Não esquece de me contar o que achou do vídeo, das dicas, de tudo, ok? E, novamente, qualquer pergunta ou dica é SUPER bem vinda, vou adorar responder! E você já pratica alguma dessas dicas? Vai praticar alguma? O que faz para deixar suas fotos melhores? Me conta!

46 Comentários
13 06 2016

Taking Stock #3

_DSC0015

De 6 em 6 meses já tá virando rotina fazer um Taking Stock aqui no blog ❤ Adoro o projeto e acho uma forma deliciosa de trazer um pouco mais sobre mim, sobre meus gostos, minha vida, minha rotina… Coisas que vez ou outra ficam perdidas no ritmo de postagens do blog e o projeto ajuda a dar uma “visão geral” de uma forma bem gostosa.

Pra quem não conhece, o Taking Stock dá alguns “verbos” e temos que completar de acordo com a nossa situação atual… Falando assim parece complicado, mas na prática é bem simples, vocês vão ver. Esse é o terceiro post do projeto que faço e, além de tudo, adoro acompanhar minhas mudanças, crescimento e evolução através de postagens assim. Será que muita coisa mudou desde dezembro?

#Ouvindo… Olha, continuo na minha paixão louca por Cícero, confesso. Ouviria ele pelo resto da minha vida feliz. Mas uma playlist nova tem alegrado meus dias: Friozinho, do Spotify. Ed Sheeran, Jason Mraz, arctic Monkeys, Mumford & Sons… É a playlist mais leve e gostosa do mundo!


#Lendo… Blogs, basicamente. Tô numa ressaca literária bizarra e não consigo envolver totalmente com um livro… Terminei há pouco tempo o De volta aos quinze, da Bruna Vieira, e tô tentando passar pro segundo da série Meu Primeiro Blog.

#Agradecendo… Pelas pessoas incríveis que estão do meu lado e por todo o apoio que estou recebendo num momento não ruim, mas bastante agitado e novo pra mim.

#Pinnig… Muita coisa. Mesmo. Mas acho que se for pensar em quantidade, o painel “Quartos“, com inspirações de decoração é o que tem sido mais movimentado…. Não que o “Style” não compita com ele hahah

#Estudando… Muito. Já meio que desisti da escola e tô focando em formar pelo Enem mesmo. Além disso, tenho estudado bastante sobre fotografia ❤

#Pensando… Em todas as coisas boas que estão por vir… sabe aquela ansiedadezinha boa mas que trás insônia? Então. Acho que eu devia parar de pensar tanto, inclusive hahahah…

#Assisitindo… MasterChef com o moço sempre. Fora isso, alguns canais no youtube… não tô muito ligada a televisão ultimamente não.

#Necessitando… De férias. Ou pode ser um certificado de conclusão do ensino médio também, não me importo. Hahahahah… Brincadeiras à parte, necessito muito aprender a ser menos ansiosa.

Inverno - cores

#Planejando… Tanta coisa! Não quero ficar falando sobre isso agora, mas imagino que não vai demorar pra que vocês entendam… Tem muita coisa mudando por aqui e se torna impossível não fazer muitos planos. ❤

#Desejando… que o friozinho gostoso que tá aumente e dure muito tempo! Sério, não tem coisa mais gostosa que esses dias frios…

#Amando… Ficar quentinha debaixo das cobertas vendo filme com o moço, meus fins de semana, ir dormir com pijamas quentinhos, tomar cappuccino antes de deitar… Tudo relacionado ao frio!

#Vestindo… Tricôs bem lindos, cachecóis quentinhos, jeans e botinhas. Já quase virou uniforme, mas é a alegria da minha vida me vestir assim… Me sinto tão confortável e estilosa!

Divulgação - Verão

#Comendo… caldo de mandioca com bastante frequência – quer mais felicidade que isso? Também tenho comido bastante coisinhas gostosas que eu e o moço cozinhamos juntos (e muitas delas viram receitas aqui pro blog!)

#Sentindo… Alegria. Mesmo com toda a bagunça que já falei por aqui, tô bem feliz com as mudanças, com a correria dos estudos, com minha produtividade a mil por hora… Sensação boa de ver e fazer as coisas acontecerem.

#Desfrutando… Da companhia de alguns amigos, dos fins de semana com o moço, dos momentos de carência da Amelie por causa do frio… De muita coisa!

É isso pessoal! Espero que gostem do post, do projeto, das minhas respostas… Se identificou com algo? Já conhecia o Taking Stock? Participa também? Me conta! Também vale me apresentar playlists novas, painéis no pinterest, qualquer coisa!

88 Comentários
08 06 2016

8 on 8: Inverno!

8 on 8: Inverno

Qualquer um que me acompanha há um pouquinho de tempo sabe que eu vivo anunciando aos 4 cantos do mundo o quanto eu amo o inverno. É a temperatura começar a cair que meu snap se enche daquele filtro que mostra a temperatura, meu instagram ganha mil fotos relacionadas ao frio, minhas roupas ficam mais legais, eu fico mais feliz. Claro que quando escolhemos esse tema pro 8 on 8 eu de cara pensei em MIL fotos maravilhosas pra tirar, sair do clichê, mostrar mil coisas… Sim, apesar de ainda estarmos no Outono (inverno mesmo só dia 20!) o tema de junho é esse. Afinal, o mês tem a carinha dessa estação, né?

Se tivesse saído tudo conforme o planejado vocês teriam aqui fotos sobre os tricôs e cachecóis que tanto amo, sobre as tardes com filme debaixo das cobertas, sobre o quão as roupas de frio são amáveis e estilosas, sobre cappuccino- meu amor maior hahahah – sobre meu aniversário que felizmente fica no inverno, sobre as comidas gostosas… tinha muito pra ser dito e mostrado, mas não deu. A vida tá meio corrida, eu tô meio ansiosa e tem sido difícil fotografar e escrever assim… juro que já já isso passa! A sorte é que como boa amante do frio, tenho muitas fotos sobre outras coisas que gosto no frio… E são elas que vocês vão ver aqui! Espero que gostem e perdão pelas fotos antigas ?

Bandeirinhas
Festa junina
Caldo de mandioca
Roupas
Botas!
Aconchego
Luz de velas
Fogueira

  1. 1. A temperatura começa a cair e eu já começo a pensar nas festa juninas, bandeirinhas, brincadeiras e tudo o mais!
  2. 2. Como falar de festa junina sem pensar em dançar quadrilha? Faço aniversário um dia depois do dia de São João, então isso tem uma carinha de aniversário pra mim também ❤
  3. 3. A foto é de mais uma festa junina, mas representando os caldos (de mandioca principalmente!), canjica e todas essas comidas que pra alguns são de festa junina, pra outros de inverno e pra mim… de aniversário! (Na foto, Mariínha: a melhor cozinheira do universo todinho ❤)
  4. 4. Nem sou muito fã dessa foto mais, mas não podiam faltar as roupas de inverno: Cachecóis que me fazem absurdamente feliz, tricôs quentinhos, cores escuras… Amo tanto!
  5. 5. E na mesma onda… BOTAS! Juro, amo essa botinha e uma outra no mesmo estilo que tenho… Se não fosse o fato de no calor eu querer viver descalça, não iria tirá-las do pé nunca mais! O frio é o momento perfeito para usá-las e ficar toda feliz, confortável e estilosa
  6. 6. Já disse por aqui, mas fogão à lenha tem cara de inverno pra mim… o friozinho, todo mundo conversando em volta dele, os caldos… O aconchego que ele traz pra casa ❤
  7. 7. Também por causa das noites frias lá no sítio. Sempre tem fogão à lenha e luz de velas, ou…
  8. 8. Fogueira! Mais uma das coisas que amo no inverno e que me deixam feliz.

É isso pessoal! Se identificou com alguma foto? Me conta! Não esquece também de me contar qual foi sua favorita e conferir as fotos das outras meninas, ok? Beijos, até mais!

Carol Pedrozo || Carol Machado || Day Cunha || Dani Pererê || Dani Santos || Lari || Vanessa 

41 Comentários
26 05 2016

{Receita} Torta de maracujá com chocolate

Torta de maracujá

A receita que trouxe esse mês é bem diferente de todas as outras que já apareceram por aqui: é um pouquinho mais “cheia de coisa”, mas continua SUPER fácil de fazer, e foi inventada pelo João (é, eu ia dizer que por nós dois, mas no fim das contas eu só dei uma ideia ou outra mesmo hahahah). É uma torta-mousse de maracujá com chocolate que eu nem sabia direito como ia ficar, mas no fim das contas ficou maravilhoso!

Fizemos essa receita no sábado passado e sentimos falta de uma forma com fundo removível, então se você tiver uma facilita bastante, mas as fotos tão aqui pra provar que funciona com um refratário comum e um namorado paciente mesmo. Basicamente, é uma massa de biscoito coberta com chocolate e mousse de maracujá. Queríamos ter coberto ela com polpa de maracujá em cima pra ficar bonitinho pras fotos mas acabou que um dos maracujás que compramos não tava bom e… é, ficou assim mesmo. Garanto que ficou deliciosa! Vamos à receita?

Ingredientes

Base

Massa
chocolate

-1 pacote de biscoito de maizena

-Aproximadamente 100g de manteiga sem sal

-200g de leite condensado

-1 barra de chocolate meio amargo

Mousse de maracujá

Leites
Maracujá
Gelatina
-200g de leite condensado

-200g de creme de leite sem soro

-1 xícara de leite integral

-1/4 de xícara de suco de maracujá

-1 caixa de gelatina de maracujá

Modo de fazer

_DSC0411

Para fazer a base, triture no liquidificador os biscoitos maisena (aconselho quebrar todos o máximo possível antes) até que ele vire uma farinha. Depois, derreta a manteiga – pode ser no microondas, por uns 50 segundos- e misture com a farinha de biscoitos, até ficar com uma textura moldável. Em seguida, “forre” o refratário ou forma que for usar com o biscoito, fazendo uma espécie de segunda forma com a massa de biscoito.

Com o chocolate meio amargo e meia lata de leite condensado, faça um brigadeiro – deixando em ponto de colher, mais firme. Pra isso, é só juntar os dois numa panela e, em fogo baixo, ir mexendo até engrossar. No caso, acabamos colocando o brigadeiro só no fundo da “forma” de biscoito, mas aconselho contornar as paredes também pra que no final elas fiquem mais firmes e sequinhas. Depois é só colocar na geladeira e ir fazer o mousse.

Torta

Fazer a mousse é bem fácil também: primeiro, faça a gelatina só com a água quente, ou seja: ferva 250mL de água e misture com o pozinho, sem acrescentar a metade água fria depois. No liquidificador, bata essa gelatina, o leite, leite condensado, creme de leite e suco de maracujá (pra fazer esse suco é basicamente bater a polpa do maracujá no liquidificador… se precisar, coloque um pouquinho de água). Aí é só despejar a mousse em cima da base e levar pra geladeira por algumas horinhas!

Torta pedaço

Fácil, né? Eu particularmente sempre AMEI mousse de maracujá e nessa torta a mistura de texturas ficou incrível! Nem imaginava que ia ficar tão gostosa assim e super achei que não íamos conseguir partir bonitinho por ter feito num refratário comum e não numa forma com fundo removível, mas ó: Super deu certo graças à paciência e habilidade do João, hahahah!

É isso, espero que tenham gostado da receita! Não se esqueçam de me contar o que acharam, se gostam de mousse de maracujá e ficaram curiosos com essa torta e, se fizerem a receita, não esqueçam de postar foto e me marcar, ok? Pode ser lá no instagram! Beijos, e até mais!

37 Comentários
23 05 2016

50 perguntas em 5 minutos {vídeo}

TAG- 50 perguntas em 5 minutos

Bom, depois de conseguir gravar e editar o último vídeo e ter uma resposta super positiva de vocês, resolvi gravar com mais frequência. Esse mês foi mais uma tag, que sempre quis gravar pra ver se conseguiria, mas pro próximo mês já planejo vídeos diferentes… Aaah, ideias são sempre bem vindas, ok? Adoraria receber sugestões de temas de vocês nos comentários!

A TAG que gravei dessa vez foi “50 perguntas em 5 minutos”, um desafio bem grande pra mim que falo devagarinho e tenho mania de explicar tudo nos mínimos detalhes… Mas não custava tentar, né? Vou deixar as perguntas aqui embaixo, como disse no vídeo, para caso alguém queira responder também. Vamos ao vídeo? Será que consegui responder tudo em 5 minutinhos? Confere aí!

50 perguntas em 5 minutos

1. O que você odeia em você?
2. Peso
3. Se você pudesse visitar qualquer lugar no mundo onde você iria e por quê?
4. A última coisa que te fez chorar
5. Se você pudesse voltar no tempo, o que você mudaria?
6. Eu não vou morrer sem…
7. Quanto tempo você leva para ficar pronto pra sair.
8. Último lugar que você estava
9. Comida favorita
10. Comida que você não come de jeito nenhum
11. Música do momento
12. Vivo perdendo…
13. Uma frase…
14. Último show que você foi
15. Última mensagem no whatsapp
16. Última vez que se estressou
17. Tira uma selfie e mostra pra câmera
18. Uma música com a palavra AMOR
19. O que é feio, mas você acha bonito
20. Mostre a última foto do seu instagran
21. Uma frase que sua mãe sempre fala
22. Eu estou..
23. Eu sou..
24. Eu quero..
25. Ser amigo é..
26. Quando você morrer..
27. Um livro
28. Um filme
29. uma meta a cumprir de qualquer jeito esse ano
30. Queria ser uma formiga para…
31. Calça ou vestido
32. O que te faz feliz na tpm
33. Seja feliz ou..
34. Queria ser..
35. Queria ter..
36. Se eu fosse homem (mulher)..
37. Uma pessoa que você quer conhecer pessoalmente
38. Cerveja é..
39. Na noite passada..
40. Poderia ficar horas..
41. Uma careta..
42. Seu lema
43. Morre de medo de..
44. Daria tudo para..
45. Seu maior defeito que é uma grade qualidade
46. Sua maior qualidade que é um defeito
47. Uma blogueira que você admira e 3 qualidades dela
48. Que horas são?
49. 5 palavras com a letra V
50. Indique 5 pessoas para essa TAG!

Bom, acho que passei um pouquinho do tempo, né? Hahahah.. mas foi bem divertido de responder e espero que vocês tenham gostado de assistir também! Não esqueçam de me contar o que acharam, se temos respostas em comum, do que vocês mais gostaram no vídeo… Aaah, e também podem deixar sugestões de vídeos aqui nos comentários e curtir o vídeo/se inscrever lá no canal pra me dar uma forcinha, ook?

 

12 Comentários
19 05 2016

TAG Daydream – Conhecendo melhor o blog

TAG Daydream

A fofíssima da Erika, do blog Queria ser Alice me indicou pra responder a TAG Daydream, uma TAG criada pelo grupo de mesmo nome e que consiste em 15 perguntinhas que vão ajudar vocês a conhecer melhor ao blog e à mim! O grupo Daydream, que criou a TAG, é um dos meus preferidos pois lá todo mundo se ajuda muito, interage, conversa, brinca… não é só um depósito de links como a maioria dos grupos de blogueiras atualmente, sabe?

Bom, esse post saiu da ordem e meio às pressas pois o carregador do meu notebook estragou e meus vídeos e fotos pros próximos posts estão lá, já estou providenciando um novo mas pra hoje não ia dar, então tive que recorrer a um dos posts da lista que não necessitassem desses arquivos. Espero que gostem!

Regras para participar da TAG:

  • Fazer parte do Daydream
  • Responder às 15 perguntas propostas
  • Indicar 3 blogs para responderem a TAG

Perguntas – TAG Daydream

1-Como surgiu o nome do seu blog?

Bom, já contei por aqui algumas vezes, mas “A Menina da Janela” é porque desde pequenininha sempre gostei de sentar na janela… Alguns amigos começaram a me chamar assim e gostei tanto que virou nome do blog!
2-Qual foi seu primeiro investimento? Se arrepende?

Meu primeiro investimento foi o domínio .com, quando o blog fez 4 anos… não me arrependo nem um pouco, adoro a carinha mais profissional que esse domínio dá e o blog cresceu demais desde então!
3-Se você fosse convidada por um programa de TV por ser blogueira, qual programa você gostaria de ir?

Olha, sou uma pessoa que não assiste TV, então não faço a mínima ideia! Acho que independente de qual fosse o programa ou canal, ia ser incrível.
4-Quem te inspira .. O que te levou a fazer o primeiro vídeo?

Muita gente nessa blogesfera linda me inspira, é difícil dizer só algumas, mas vamos lá:

A Taís, do Nyr Dagur com suas fotos incríveis e relatos de viagem maravilhosos!;

A Clara, do Blog DeClara, que além de ter um blog maravilhoso com textos e fotos incríveis, é super fofa;

Karina do My Life as Karina, com suas fotos maravilhosas, posts maravilhosos, filtros maravilhosos, vida maravilhosa hahahah;

a Lory do Drawn Wings também cheia de fotos incríveis e sempre tão fofa;

Melina Souza, do Serendipity, pelas fotos lindas e pelo jeitinho meigo de escrever e interagir com os leitores;

Carol, do Sweet Caroline: uma das minhas descobertas mais recentes dessa lista, mas que já ganhou um espacinho no meu coração.

O primeiro vídeo saiu mais como um desafio, sabe? Morria de vergonha de ficar na frente das câmeras e por isso me desafiei a gravar. Não sabia editar, me desafiei a editar E postar. Fiquei um tempão depois lutando com a ideia dos vídeos, mas atualmente sabendo editar um pouquiiinho melhor e gostando de assistir vídeos, quero que eles sejam mais frequentes por aqui.
5-Já conseguiu parcerias? Dê dicas de como conseguir

Bom, parcerias em si nunca consegui e pra ser sincera nunca tentei muito… Já recebi algumas coisas, fiz alguns publis, sou afiliada do NicePhotos e do Criar.io, mas uma parceria mesmo ainda não tenho (mas tô totalmente aberta, ok mundo? Hahahah).

Acho que criar um bom conteúdo, ser frequente nas postagens e não pensar somente em parcerias são boas dicas.
6-O que já investiu no seu blog/canal e o que pretende investir futuramente?

Já investi no domínio, como disse ali em cima, na hospedagem recentemente, já que a gratuita não estava dando conta do número de acessos e nesse layout super amor feito pela Semantike.

Também tem aqueles investimentos que não são SÓ pro blog mas ajudam bastante, né? O meu tripé, alguns filtros pra câmera e etc se encaixam aqui.

No que pretendo investir futuramente? Não sei… talvez uma iluminação melhor pros vídeos e um controle remoto para a minha câmera.

7-O que mudou na sua vida depois de criar um blog/canal?

É difícil dizer assim, já que eu tinha 12 anos quando criei o blog e muita coisa pode ter sido natural pela idade, mas acredito que o blog e o canal ajudaram muito a diminuir minha timidez,  minha escrita melhorou muito e me envolvi muito mais com a fotografia. Também fiz amizades e conheci pessoas incríveis, uma das partes mais legais disso tudo.
8-Quais são os melhores meios de divulgação?

Acho que cada conteúdo se sobressai melhor em um meio, né? O que percebo que mais dá retorno pro meu cantinho são as divulgações no instagram e interações em grupos de facebook. As comunidades do G+ também são bem legais e até o twitter costuma me trazer retorno…
9-A quanto tempo você tem o blog/canal?

O blog já existe há 5 aninhos, e o canal é mais baby e só surgiu no ano passado e até hoje tem só 4 vídeos, mas como disse ali em cima, pretendo mudar isso e movimentá-lo mais.
10-Oque te motiva a continuar o blog/canal?

Todas as amizades que fiz aqui, todos os blogs maravilhosos que conheço, tudo… Faz uns 3 anos que não consigo me imaginar sem pensar num post pro blog mais, sabe? Eu amo ter esse meu cantinho pra interagir com vocês, escrever, postar minhas fotos…
11-Qual a frase inspiradora que faz com que você continue em frente?

“Esse vento sob minhas asas, eu não mando mais em nada, sei que é alto mas eu vou pular…” De 130 anos, da Pitty… Pode parecer estranha assim como frase inspiradora, mas pra quem morre de medo de arriscar e nunca acha que vai ser boa o suficiente, faz todo o sentido…
12-Quem você entrevistaria?

Complexo, adoraria entrevistar um tanto de gente, mas acho que principalmente a Melina Souza ou a Bruna Vieira. Ia ser tão absurdamente incrível!

13-Qual sua opinião sobre o bloqueio criativo? E qual seu método para combater?

Bom, acho que o bloqueio criativo é basicamente falta de inspiração, e não dá pra esperar que ela caia do céu, né? Pra combatê-lo o que funciona pra mim é ler novos livros, buscar novos blogs, músicas, fotógrafas, passar umas horinhas no pinterest, sair pra conhecer lugares novos… Pra quem trabalha com a criatividade, acho que até um café da tarde num lugar bonitinho pode ser inspirador, né?
14-Qual sua banda favorita? Já foi ao show? Como foi?

É difícil decidir assim, não sei dizer UMA banda favorita… Ultimamente tenho ouvido muito Cícero, e nunca fui num show dele, mas entre minhas preferidas estão O Teatro Mágico, 5 à seco e Suricato… já fui em shows de todos e foram todos incríveis, inclusive quero de novo hahahah.
15-Qual sua música para momentos tristes?

Difícil escolher só uma, mas acho que Pulsos, também da Pitty. Sim, é pra afundar na bad de vez, mas as vezes isso me faz bem. Se quero ficar mais felizinha costumo ouvir Vagalumes Cegos, do Cícero.

 

Bom, minhas indicadas para responder essa TAG são: 

Não se esqueçam de me contar o que acharam da TAG, se temos respostas em comum, se já conheciam as blogueiras que me inspiram… contem tudo aqui nos comentários, ok? Beijos, até mais!

32 Comentários
16 05 2016

Wishlist/Indicação: Compre de quem faz!

Compre de quem faz!

Desde que minha irmã me apresentou o grupo “Compro de quem faz das mina” (que é secreto pra segurança de todas as mulheres que participam, por isso não será marcado aqui) sou totalmente apaixonada e sempre que posso e quero ou preciso comprar algo, dou prioridade pras meninas lindas do grupo: procuro por lá antes de qualquer outro lugar. A ideia é que a gente compre produtos de pequenas empreendedoras, artistas e artesãs, apoiando e fortalecendo-as ao invés de  fazer o mesmo com as grandes fast-fashion, indústrias e etc.

Não sou de fazer wishlists aqui no blog, fiz só uma há muito tempo da loja heróicas (ó o empoderamento feminino aí de novo!) mas fiquei pensando em como trazer indicações de algumas minas maravilhosas pra cá e resolvi que essa seria uma forma legal… O que acham? A ordem aqui foi aleatória (mentira, tá de acordo com o que “salvei” lá no facebook hahah) e todas as fotos são das divulgações que as meninas fizeram lá no grupo. Marquei o site das que encontrei e pras outras deixei o link do facebook delas mesmo, ok? Aah, algumas das meninas encontrei no grupo “Compro de quem faz das minas de Belo Horizonte”, que tem a mesma ideia mas é pras minas daqui de BH! Chega de enrolação, né?

Compre de quem faz!

Carteiras da Cartine
Cartine

Ok, confesso que nem sou do tipo de pessoa que gosta de bolsas e carteiras e sempre apelo pro mais básico possível pra não precisar pensar muito, mas… Como lida com a fofura das carteiras dela??? Me derreti toda pela de cerejinhas, e pela de bolinhas, e pela de flechas e… É, deu pra entender né? A Rebeca, dona da Cartine, também produz  porta documentos, necessaires e cadernos artesanais, porta-moedas e mil coisas fofíssimas, vale à pena conhecer!

Cadernos Artesanais Moleskombi (Las Monas Produção)

Moleskombi

Louca por papelaria que é louca por papelaria não pode fazer wishlist sem colocar um caderninho pelo menos, né? Além do nome ser lindo, essas duas moças produzem os caderninhos pocket mais fofinhos do mundo e os cadernos de capa dura mais lindos do mundo, além de algumas peças em madeira, e vendem também o primeiro livro da Fhaêsa Níelsen, uma das donas, chamado “Novas Tempestades Para Velhos Amores”. Tudo aqui fez meu coraçãozinho bater mais forte, mas os caderninhos me encantaram mais e o livro me deixou super curiosa.

Lingeries em renda da mãe da Gabi Silva

lingerie

Ano passado comprei um conjunto de renda com uma moça chamada Ana Paula Freitas, do grupo maior, e fiquei simplesmente apaixonada: além de ser o conjunto mais confortável do universo, fica maravilhoso no corpo, encaixa certinho e fico me sentindo toda poderosa, sabe? Dá muita segurança e confiança, amo! A Ana deu uma sumidinha do grupo e então encontrei a Gabi que vende as lingeries que a mãe dela faz… Os modelos dela são lindos também, parecem ser tão confortáveis quanto e ela é daqui de BH (isso ajuda bastante porque diminui o gasto com frete pra mim!). Já tô me programando pra comprar pelo menos algumas calcinhas dela (SIM! Ela também vende separado! Só amor!) porque nossa, não tem nem comparação falando de conforto. Ela também tem outros modelos – sem ser de renda- mas depois da experiência com a renda não queria ter que usar mais nada!

Poesia com nomes da Além do Nome

Além do nome

O projeto dessas duas moças é destrinchar o nome das pessoas através da poesia… como não se morrer de amores? Eu me derreto toda por essas poesias “visuais” e não foi diferente com elas, ainda mais quando dei de cara com meu nome e achei super minha cara a poesia… falou de lua e de rua, falou comigo né? hahahha! E não é “só” isso: com essas poesias elas fazem molduras, caderninhos e garrafinhas… quer presente mais fofo e carinhoso? Puro amor! Aah, elas também são de BH, mas enviam pra todo o Brasil!

Canecas da Oficinaria 

cancer

Essa eu descobri umas horinhas antes de escrever o post e já tô totalmente louca querendo comprar tudo que é caneca de lá. É cada uma mais linda que a outra e todas super delicadas, feitas à mão… tem canecas, xícaras, porta-bebidas, pratos e tudo tão fofo quanto as canecas também. Sabe aquelas lojas que dá vontade de botar num potinho e ficar com ela inteira pra gente? É essa. A única parte triste é que apesar dos preços serem lindos também, elas são lá de Ribeirão Preto e o frete fica quase no mesmo preço de cada caneca… Choremos! Ainda assim, quando puder pretendo ter uma delas pra mim ❤❤

 

Bom, queria indicar muito mais meninas mas se deixar esse post fica quilométrico, então vou parar por aqui mesmo. Vocês já conheciam o projeto Compro de quem faz? Ficaram interessadas? Sabem se tem algum grupo só da sua cidade? Me contem!

Aah, e claro: se quiserem me indicar mais algumas meninas artistas/artesãs maravilhosas, vou adorar! Se tiverem gostado desse post até faço mais algum daqui há um tempo, porque trabalho maravilhoso e feito com todo o carinho e amor do mundo é o que não falta pra indicar, viu? Não se esqueçam de me contar o que acharam do post, dos itens, das lojinhas e qual foi o item preferido de vocês, ok? Até mais!

 

48 Comentários