05 02 2018

Olha eu aqui de novo – tentando me cobrar menos

life lately

Muita coisa aconteceu desde a última vez que estive por aqui. Pra começar, meu notebook estragou, como vocês já sabem; e aí ele foi pro conserto, o que só me fez passar raiva: 3 semanas pra fazer uma formatação meia boca e um dinheirão gasto em back-up pra receber um notebook todo desorganizado, com mil coisas repetidas e nem metade do que tinha nele antes do problema todo.

O blogmas parou no inicinho por isso: Sem o notebook ficava impossível fazer posts mais elaborados eu realmente tinha planejado posts bem legais pra não ficar um mês inteiro de muita quantidade e pouca qualidade… Como só peguei meu notebook de volta definitivamente dias antes do natal não fazia sentido tentar voltar ou recuperar… E acabei deixando de lado mesmo. Mas não se preocupem: os posts mais legais que eu tinha preparado ainda vão sair naquele nosso ritmo de sempre: Segunda e quinta, no finzinho da tarde, podem vir aqui conferir que se tudo der certo tem post novo.

Dezembro foi um mês incrível em um quesito: trabalho. Eu me lembro muito bem de ter pensado no fim de 2016 que minha meta para 2017 era fazer 10 ensaios/trabalhos fotográficos… Mas pensei bem e desisti porque parecia algo muito distante. Apesar de não ter sido colocado como meta, foi algo que consegui- e até ultrapassei. Só em dezembro foram 4 ensaios e isso me deixou numa alegria que nem consigo descrever. (Ei, falando nisso, você já me acompanha no meu instagram de fotografia? É onde mostro um pouquinho do meu trabalho, vem conferir!)

Apesar de ter feito vários trabalhos lindos, eu estava sem meu notebook pra tratar e entregar as fotos – o que foi deixado bem claro com os melhores clientes do mundo e ficou tudo certo. Bem, mais ou menos certo… porque quando o nível de auto-exigência é alto demais a gente quase surta por não conseguir fazer as coisas com a eficiência que faz normalmente. E aí eu fui ficando desanimada e irritada e com raiva e ansiosa e tudo foi se tornando uma bola de neve.

Pra compensar, assim que tive o notebook em mãos novamente fui correndo resolver isso. O nível de frustração tava lá em cima por acumular trabalhos, por demorar pra entregar as fotos, por ter “desistido” do blogmas. E virei madrugadas agilizando tudo pra ficar livre e pra ver se a sensação ruim passava. Quando tudo estava entregue, tentei voltar aqui pro blog, explicar o que tinha acontecido, voltar tudo ao normal… Mas aí eu tava no meio de um baita bloqueio.

No meio disso tudo, esqueci de dizer: em dezembro João viajou e foi bem estranho pra mim estar de férias e não passar os dias todos com ele. E aí assim que ele voltou no inicio de janeiro eu grudei nele por alguns dias. E depois viajei também – fui pra Poços de Caldas rever minha madrinha e matar a saudade… Passei uma semana delicinha lá curtindo o clima mais friozinho e algumas das pessoas mais amorzinho da minha vida.

E aí eu voltei e minha vida se tornou um eterno “abrir a página de post novo em branco e ficar encarando”. Eu tava mantendo há um tempo a tradição de fazer o taking stock todo semestre perto do meu aniversário ou perto do natal, e foi mais uma coisa que fiquei me cobrando. Eu achava que o post de voltar pro blog TINHA. QUE. SER. O. TAKING. STOCK. Tinha que o quê? Tinha que ser meu espaço, pra eu falar e me sentir bem… Mas não foi assim que aconteceu. Até hoje.

Aí hoje eu queria programar o post bonitinho pra 17:00 como de costume e deixar tudo voltar ao normal. Mas ainda não conseguia escrever o maldito taking stock. Eu realmente não quero quebrar a tradição, mas aí agora – quase 10 da noite – percebi que é melhor voltar do meu jeito meio maluco que deixar esse bloqueio se manter simplesmente pra não quebrar uma tradição. Então eu trouxe essa espécie de life lately pra dizer “Ei, eu tô viva!”. E eu que achava que tava com um bloqueio pra escrever (no geral) só estou num bloqueio pra escrever o taking stock. Uma hora sai. Ou não.

Talvez esse ano já tenha começado esfregando na minha cara que eu não tenho controle de tudo – e que tá tudo bem. 

Eu ainda volto com projetos do mês passado, conto um pouco mais sobre a viagem, trago fotos de um ensaio lindíssimo que fiz com uma amiga e os posts que ainda quero fazer do blogmas… Aos poucos a casa vai se ajeitando.

E olha a falta de educação: já é fevereiro, mas só agora vim desejar feliz ano novo pra vocês. Então é isso: Feliz ano novo pra todo mundo! Que seja um ano incrível (e que a gente aprenda a lidar melhor com a perda de controle).

5 Comentários

5 Comentários em "Olha eu aqui de novo – tentando me cobrar menos"

  1. Claudia Hi disse:

    Que saudade das suas postagem Laura… mas que bom que tudo está se resolvendo do lado daí e parabéns pelos ensaios! Muito legal conseguir ultrapassar uma meta!

    Ansiosa para as postagens do blogmas hehe

    [Reply]

  2. Antes tarde do que nunca. Feliz ano novo pra você também. Que você volte cheia de bons posts e criatividade.
    Boa semana!

    O blog está em ‘Hiatus de verão’ mas preparei um post sobre as principais estreias de séries de 2018. Não deixe de conferir!

    Voltamos em definitivo na próxima terça, 13 de fevereiro!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    [Reply]

  3. Laurinha, eu também sou assim. De vez em quando, caio numas ciladas de que PRECISO fazer tal coisa, de tal jeito, sem perceber que na verdade não só não preciso, como não quero. Que estou colocando expectativas e responsabilidades desnecessárias na minha cabeça. Que bom que cê conseguiu deixar de lado isso e voltar pro blog. Seja bem-vinda de volta!

    [Reply]

  4. Taís disse:

    Ahh que feliz que eu fiquei quando vi que tinha post novo aqui! Saudades, Laura! Que bom que você voltou <3
    Uma pena que seu notebook tenha dado esses problemas e com isso outros problemas foram se juntando. Mas a vida é realmente isso, a gente não tem controle de tudo e não é saudável a gente se cobrar tanto, ainda mais por coisas que fogem do seu controle. Não deu certo o blogmass, mas não foi tua culpa e bola pra frente. Aproveita as ideias que você teve dos posts e coloca em pratica pra esse ano, não se cobre por essas coisas.. as vezes a gente precisa de um tempo pra colocar as coisas em ordem e tá tudo bem também!
    beijos e feliz 2018! 🙂

    [Reply]

  5. Laura, pode respirar aliviada por que do lado de cá tem uma galera que acredita muito no seu amor por blogar/escrever/fotografar tanto quanto seu comprometimento com essas atividades. Eu estou mega feliz em te ver aqui de novo, teu blog foi um dos melhores presentes que a blogosfera me deu ano passado! E confesso que entrei aqui algumas muitas vezes procurando um texto novo. haha
    Enfim, vem no sue tempo, eu também me embananei toda para voltar la no meu e mesmo com as oscilações de inspiração também me mantenho firme nesse propósito de continuar escrever e publicando como nossa consciência permitir!
    Feliz ano novo, que a menina da janela cresça cada vez mais e se cobre cada vez menos. Quem nunca se perdeu no caminho? (Mesmo que contra a própria vontade…) Enfim, acredito real que caminho só se faz ao caminhar e- repetindo- fico mega feliz em te ver aqui de volta caminhando! <3
    Beijos!

    http://www.vestidadeceu.blogspot.com.br

    [Reply]