07 06 2018

O Planner na minha rotina – Adaptação e resultados

 

Desde que a Rita, da Donna Rita sugeriu me mandar o Planner Realize eu fiquei meio “Mas eu já tô tão adaptada ao Bullet Journal, como vai ser isso?” e batia uma insegurança mesmo sobre não conseguir usá-lo da melhor forma – afinal, não queria deixar essa coisinha linda e feita com todo o carinho de lado como fiz com tantas agendas ao longo da vida, né?

Eu conseguia pensar em todas as coisas que seriam vantagens pra mim – e expliquei todas lá no primeiro post sobre ele aqui no blog – e depois do post que mostrei um pouquinho de como estou usando as páginas pontilhadas você provavelmente já sabe que eu dei meu jeito de me adaptar, mas o que vim contar aqui hoje é sobre como foi – e está sendo- esse processo. Porque sim, eu tive que aprender a usar tudo de um jeitinho que funcionasse na minha rotina e a não me cobrar por coisas que não faziam sentido pra mim.
Planner Realize Leve-7 Rotina
Antes de tudo, vou explicar um pouquinho da minha rotina esse semestre: Tenho aulas na faculdade de segunda a quinta – fiz uma baguncinha no plano de estudos pra conseguir ter as sextas livres porque deu vontade. No sábado de manhã tenho o curso de fotografia agora… E no fim de semana quando não tenho trabalho de fotografia eu reservo o tempo pra ficar com o João, seja aqui em BH ou seja lá em Rio Acima. Assim sendo, normalmente tenho mil coisas pra fazer de segunda a quinta, mas na sexta só tem algo se tiver algum trabalho ou outra coisa que deixei, e evito isso ao máximo.

Planner Realize Leve-9 rotinaO resultado disso é que nas primeiras semanas eu me odiava por deixar espaços em branco no planner. Podem me achar louca mesmo: o negócio é pra me ajudar a me organizar e tem dias da minha semana que eu não tenho o que organizar e eu me sentia culpada por isso. Não foi fácil – até hoje, olhando essas fotos me dá um negócio ver esses espaços em branco. Primeiro resolvi escrever algo ali, desenhar… só pra não deixar em branco. Depois resolvi brigar comigo mesma e deixar em branco só pra entender que tá tudo bem. Hoje em dia já é natural colocar algo ali quando tem algo pra ser colocado, escrever quando dá vontade, deixar em branco quando não.
Planner Realize Leve-6
Planner Realize Leve-5 rotina
Nesse tempo todo – são quase 4 meses usando esse meu companheirinho – teve semana de todo jeito: de molho em casa com o pé quebrado, surtando com semana de provas e trabalhos, teve semana bem morna e na média. A meta de aproveitar o layout pronto pra exercitar a criatividade funcionou super bem considerando isso: Teve semana tão linda e decoradinha que eu só queria emoldurar e expor na sala de casa, teve semana que não tive tempo nem pra tentar uma letra bonitinha, teve semana que eu comecei a tentar fazer algo diferente mas não gostei e não tive tempo e desisti no meio do caminho – bem vida real, né? Mas num modo geral eu desenhei e colori bem mais que fazia no bullet journal. Meta alcançada o/
Planner Realize Leve-8 rotina

Além de tudo isso, teve coisa que me surpreendeu: Achei que nunca usaria a parte de controle de gastos, já que tinha tentado coisas parecidas no bullet journal e falhado. Mas nesse meio de caminho surgiu muita coisa diferente – viajei, fiz compras “grandes” e resolvi botar tudo no papel… pronto, de repente amei ter noção de qual era a área que me fazia gastar mais (oi, comida!) e ter noção de quanto tava entrando e saindo por mês – olha, posso dizer que fiquei feliz viu?Planner Realize Leve-2 Rotina controle de gastosOutro pedacinho do planner que me surpreendeu foi o de listas – depois de usá-lo tanto, voltei no meu bullet journal pra olhar e percebi que sempre fiz muita lista espalhada por ele – coisas que precisava comprar, xerox que precisava fazer, posts pro blog, lista de coisas pra botar na mala – e nem percebia isso. O espacinho mensal de listas do Planner Realize versão leve é perfeito pra mim porque tem espaço pra lista de todo tamanho – incluindo um pedaço com 8 itens que virou a programação oficial de posts do blog (eu sei, eu sei, tenho falhado, mas a ideia é ter sempre 2 posts por semana, então normalmente são 8 por mês no blog).
Planner Realize Leve-3 rotinaPra não falar que tudo foi mil maravilhas, além das “sextas em branco” eu ainda não consegui lidar muito bem com o habit tracker – é algo que sempre quis fazer no bullet journal mas sempre ficava com preguiça de fazer o layout. Aí chegou o planner e eu pensei “UHUL VOU TER UM HABIT TRACKER!!!“… Resultado? Nunca lembro de anotar nada lá. É óbvio, eu não sou obrigada a usá-lo – o planner encaixa na nossa rotina, não o contrário, né? – mas é realmente algo que quero muito me disciplinar pra usar. Um dia ainda venho aqui contar pra vocês como estou feliz com meu habit tracker todo coloridinho, mas por enquanto fiquem aí com um lembrete de mim pra mim mesma que tá tudo bem .
Planner Realize Leve-4
Tirando esses desafios e coisas que percebi, a rotina não mudou muito – sento 5 minutinhos no dia de manhã ou no anterior a noite e anoto tudo o que tenho que fazer. Vez ou outra surge algo durante o dia e anoto também. Sempre que tenho um tempinho livre aproveito pra fazer os doodles e frasezinhas, e no começo de todo mês eu arranjo um espaço pra fazer a página do mês – vocês não imaginam o bem que isso me faz.

Juntando o aprendizado do bullet journal de anotar tudo pra esvaziar a mente (e não só os “eventos importantes”, como fazia na época das agendas abandonadas) e o tempo livre pra desenhar e inventar moda que planner me deu, o dia a dia ficou não só muito mais organizado, mas também muito mais colorido e fofo.

6 Comentários

6 Comentários em "O Planner na minha rotina – Adaptação e resultados"

  1. é otimo quando a gente consegue se organizar direitinho né. Eu amo os layouts do seu planner, queria conseguir ser organizada assim como você, mas o meu planner ainda é uma baguncinha

    beijos

    [Reply]

  2. É maravilhoso poder ter onde anotar as coisas, se a gente coloca tudo na cabeça não consegue colocar os planos em prática, mas tendo em uma agenda ou algo assim a gente consegue focar e sempre se lembrar do que tem que fazer e realizar. Adorei. 🙂

    [Reply]

  3. que legal, Laura!!! fiquei muito tentada a comprar um desses planners no começo do ano, mas como fiz bullet journal do meu ano (desde o aniversário, para durar até o outro aniversário), achei que precisava terminar a experiência e no começo eu também tinha nervosinho de ficarem páginas em branco mas hoje eu escrevo quando tenho vontade e fiz dele um organizador e um diário. e é maravilhoso pra ansiedade e pra me conhecer melhor.
    espero que você consiga manter sua rotina no seu planner 🙂
    beijos!

    [Reply]

  4. Que planner lindo! Seus desenhos estão super lindos, eu amei!
    Sempre quis ter um planner, mas por ser caro, acabei optando pelo BuJo. Também tentei um Habit Tracker e esqueci completamente de anotar as coisas, acontece!

    [Reply]

  5. Thaisa disse:

    Eu também esqueço de marcar as coisas no habit tracker kkk
    É ótimo conseguir se organizar de modo tão agradável, e você desenha muito bem, estão ficando realmente lindas suas paginas.

    [Reply]