26 05 2017

Diamantina – Uma tentativa de diário de viagem

Diamantina - Diário de Viagem

Eu já começo esse post pedindo desculpas e aproveitando para desabafar um pouco. Tive sérios problemas com o serviço de hospedagem do blog- mandaram a data de vencimento errada, tiraram o blog do ar antes dessa data de vencimento, mandaram o boleto errado, paguei, me contaram que estava errado e não podiam cancelar o pagamento e eu teria que pagar outro boleto, depois de muita briga cansei e mudei de empresa de hospedagem, com muitos reais de prejuízo e muita raiva também. Por isso o blog esteve fora do ar esse mês quase inteiro e por isso ficamos tanto tempo sem posts. Aos pouquinhos  a gente recupera o tempo perdido – e pode ser que nesse início ainda role uma certa instabilidade! Se perceberem algum problema por aqui, por favor me avisem!

Deixando a raiva de lado, que tal falar de coisa boa? O que vocês andam fazendo por aí? Hoje vim contar um pouquinho de uma viagem que fiz pra Diamantina. Sempre gostei muito de ler posts no estilo “Diário de viagem”, então vou tentar começar a fazê-los por aqui. Preciso aprender a fotografar mais momentos das minhas viagens, os lugares que vou… Mas aos poucos a gente vai se acostumando, não é?

_DSC0308

Há alguns fins de semana fomos eu, João, Bolusca e Sofia (primo do João e a namorada) para Diamantina para o aniversário da Anita – filha de uns amigos nossos. Saímos de BH na sexta-feira à tarde e chegamos lá no comecinho da noite. Eu e João ficaríamos em uma casa e Bolusca e Sofia em outra – fomos então deixar as malas, tomar um banho e logo depois saímos para comer algo. Estávamos todos cansados e foi uma dificuldade imensa de achar algo pra comer que agradasse a todos. No fim das contas, ficamos na Baiuca e pedimos uma tábua de carne de sol com mandioca na manteiga de garrafa… Estava deliciosa e o clima frio na cidade deixou tudo ainda mais gostoso. O aniversário era no dia seguinte em uma cachoeira, e teríamos que sair cedo, então fomos para as casas dormir.

Eu e João acordamos de manhã e o termômetro marcava 16ºC, nada animador para uma cachoeira, mas lá fomos nós: o biquini por baixo de mil blusas de frio, calças jeans e cachecol era a prova de que somos pessoas esperançosas. Pegamos estrada para a cachoeira com um amigo, e parecia ter uma névoa sobre Diamantina… A gente ia se afastando e a temperatura ia aumentando. Primeiro, tirei o cachecol. Depois, a blusa de frio perdeu seu lugar. Por fim, quando chegamos à cachoeira do Telésforo – no distrito de Conselheiro Mata- já estava quente o suficiente pra querer dar um mergulho.

_DSC0276
_DSC0283

Fomos os primeiros a chegar, e pouco depois outras pessoas foram chegando. Ajudamos a montar a mesa de piquenique e fomos ver a cachoeira… É LINDA DEMAIS! Tem uma faixa de areia gigante antes de chegar nela, a areia bem branquinha, fica parecendo uma praia e dá vontade de sair correndo-e olha que eu odeio correr! As pedras tem um tom marrom/dourado também que deixa tudo mais lindo, não dá pra descrever e acho que nem as fotos fazem jus à beleza do lugar! Já estávamos nadando quando Bolusca e Sofia chegaram contando que caíram em um buraco na estrada e algo tinha vazado do carro. Na hora, não demos muita atenção e fomos curtir o dia.
_DSC0401
_DSC0507
_DSC0450

Nadamos muito, comemos muito, cantamos parabéns pra Anita e aí comemos mais um pouco – hahahah- Fiquei encantada com o lugar e com a luz no final da tarde e tirei MUITAS fotos. Pra quem interessar possa: A cachoeira do Telesforo fica em Conselheiro Mata, Distrito de Diamantina. Pra chegar lá saindo de Diamantina a maior parte do caminho é estrada de terra, mas não é das piores (apesar do buraco absurdo citado ali em cima…). Ela fica em uma propriedade particular e cobram R$10,00 para entrar, mas vale muito a pena. Também é permitido camping no local, e aí tem uma taxa por barraca que não lembro bem de quanto é. A cachoeira é incrível pra adultos e crianças, por ter uma grande parte bem rasinha, que dá pra criançada correr e brincar muito (sem falar na areia!) e uma parte mais funda. Todas essas machinhas pretas na água na foto são peixinhos!

_DSC0365
_DSC0302
_DSC0461

Já no comecinho da noite resolvemos ir embora. Poucos minutos com o carro andando e ele começou a superaquecer. Os meninos colocaram mais água, olharam o que tinha acontecido, pesquisamos um pouco e chegamos à conclusão de que tinha furado o radiador. Era melhor deixar o carro lá, chamar o seguro e esperar alguém que também estava voltando da festa passar pra nos dar uma carona. Nesse dia, mortos de cansaço, demos uma voltinha a pé pela cidade e comemos uma pizza também nos arredores da baiuca. Eu adoro as noites em Diamantina, e o friozinho deixa tudo mais encantador.

_DSC0566

O domingo amanheceu ensolarado pra rir da nossa cara: tínhamos combinado de ir a alguma cachoeira antes de voltar pra BH mas  sem o carro não seria possível. Eu e João dormimos até tarde, demos uma volta na cidade, almoçamos e fomos arrumar as coisas para vir embora- voltaríamos em um taxi oferecido pelo seguro. Como se não bastasse os problemas com o carro, já estávamos chegando em BH, presos no trânsito, um carro bateu no taxi em que estávamos. Foi só um susto mesmo e todo mundo ficou bem. Quando chegamos em casa tudo o que queríamos era um banho e cama… Que fim de semana!

Essa foi nossa viagem, deliciosa e problemática ao mesmo tempo! Agora me contem: vocês conhecem Diamantina? E essa cachoeira do Telesforo? Já ouviram falar pelo menos? Indico muito que todo mundo que tiver oportunidade vá, é muito linda e o lugar é ótimo! Já contei um pouco de outra viagem pra Diamantina aqui! E pra caso você resolva pegar a estrada também, tenho um post aqui que ajuda muito na hora de fazer as malas!

4 Comentários

4 Comentários em "Diamantina – Uma tentativa de diário de viagem"

  1. Vanessa diz:

    Agora entendi o motivo do blog ter sumido. Fiquei sem entender nada. Mas que bom que você voltou.
    Quanto a Diamantina, nao conheco mas adoraria demais conhecer! Parece um lugar tao lindo. Mas que aperto esse com o carro, hein? hehe. Mas que bom que o saldo foi positivo pra você 🙂

    [Reply]

  2. Eu achei o lugar maravilhoso! Quero visitar Diamantina. Fiquei apaixonada pelas fotos, você mandou super bem. Deu para transmitir bastante o clima de animação e tranquilidade ao mesmo tempo, junto com a natureza.

    [Reply]

  3. Claudia Hi diz:

    Que post mais gostoso de ver/ler!

    A viagem parece ter sido ótima, lindas paisagens! Mas essa mesa de piquenique está com uma cara muito boa! haha

    [Reply]