24 08 2017

2 anos de coletor menstrual – como o copinho mudou minha vida

Coletor Menstrual - 2 anos!

Eu sou a chata das fotos em posts, né? Não gosto de repetir, não gosto de usar de celular etc etc etc. Mas tem posts que simplesmente não dá pra inventar muita moda com as fotos, e já tendo fotos legais pra usar não faz sentido adiar mais esse post só porque “queria fotografar só pra eles”. Vai ter foto repetida sim, mas juro que o conteúdo é legal o suficiente pra compensar!

Estava eu esse mês fervendo meu coletor menstrual quando minha lua chegou e parei pra pensar que esse mês completa 2 anos que uso o coletor. Foi um momento felizinho no meio de uma madrugada aleatória. Achei engraçado ficar feliz e parei pra pensar em porque o coletor é um assunto que me deixa tão feliz assim… reuni os motivos e trouxe pra vocês!

Vai ter sangue sim... Coletor Menstrual

Como o coletor menstrual mudou minha vida

– Liberdade de verdade
Praia, piscina, Cachoeira, Rio… Antes do coletor essas palavras acionavam a calculadora na minha cabeça com a torcida de “tomara que eu não esteja menstruada no dia”… Nunca me dei bem com absorvente interno, me incomodava MUITO, então era muito triste quando surgia alguma viagem ou passeio legal e eu estava menstruada.

– Eu posso dormir em paz
Depois que comecei a usar o coletor, consigo contar nos dedos as vezes que minha menstruação vazou durante a noite. Acontece vez ou outra no segundo dia, porque é um dia que meu ciclo é MUITO intenso, mas não é mais tão desesperador quanto antes, que eu colocava o absorvente noturno da maior marca possível e ainda dormia com calcinha e pijamas velhos porque era certo que ia vazar.

– Uma relação melhor com meu corpo
O coletor mudou totalmente a imagem que eu tinha de menstruação. Nunca fui daquelas que morre de nojo do próprio sangue, mas não achava lá uma coisa muito legal. Era feio, as vezes fedido. Agora sei que essa imagem ruim só é causada pelo absorvente e pelas reações químicas que rolam quando o sangue entra em contato com ele! O sangue que sai de mim é lindo, vermelho vivo, não tem cheiro de nada, não é nojento!

– Entendo melhor meu ciclo
Eu sempre prestei muita atenção no meu ciclo, mas o absorvente mascara muitas coisas que só percebi depois de começar a usar o coletor! Agora consigo perceber melhor sobre o muco, a cor, a quantidade em cada dia… é incrível! Pode parecer bobo, mas conhecer e entender essa característica do seu corpo é muito empoderador!

– Conheci grupos e informações incríveis!
Quando comecei a pesquisar sobre o coletor menstrual entrei em mil grupos sobre o assunto. Quem também ama grupos do Facebook vai entender: você entra em um, lá vê um post sobre um que tem um assunto parecido, entra, vai parar em outro…. Graças ao coletor estou em grupos incríveis sobre ginecologia natural, contracepção não hormonal e simplesmente sobre… menstruação! Não é demais? ! Acho incrível a troca de informações que rola nesses grupos de mulheres!

– Perdi a vergonha de falar sobre menstruação!
Eu menstruei com 11 anos de idade, fui a primeira da sala na escola. Algumas colegas de sala descobriram e começaram a me zoar muito por isso, de nomes que prefiro nem citar. Eu tive sorte porque minha mãe sempre foi muito aberta com isso e sempre deixou muito claro que é algo natural, normal, que acontece com toda mulher. Mas eu não posso negar que toda essa zoação infantil me deixou por um tempo com vontade de esconder o assunto como se fosse proibido. Ver tantas mulheres incríveis falando sobre seus ciclos, sobre seu sangue, sobre menstruação trouxe de volta a imagem que sempre tive de algo natural, e mais: de algo lindo! Além disso, me fez abandonar a raiva dessas pessoas, pois eu sei hoje que esse comportamento é fruto da forma que elas foram criadas.

 

Essas são as coisas que mudaram na minha vida depois que comecei a usar o coletor menstrual! Sei que muitas de vocês que me acompanham também usam o copinho, então me contem: quanto tempo faz? Já perceberam alguma dessas mudanças (ou outras) desde que começaram a usar?

Se você caiu de paraquedas aqui, já expliquei o que é e como funciona um coletor menstrual, já indiquei marcas confiáveis e falei porque não comprar um coletor chinês e também já fiz um post falando sobre o sentido mais empoderador do coletor!

Vou aproveitar esse post pra fazer um agradecimento rapidinho: MUITO obrigada meninas que me chamam no chat, instagram, grupos, e-mail e comentários pra contar e agradecer pelos posts sobre o coletor. Adoro saber que consegui ajudar vocês nesse assunto! Também gostaria de lembrar que todas as minhas redes sociais e e-mail estão sempre abertos para conversar, tirar dúvidas e o que for. Obrigada!

10 Comentários

10 Comentários em "2 anos de coletor menstrual – como o copinho mudou minha vida"

  1. Maria Vieira disse:

    Ainda não experimentei o copo mas sei que um dia o irei fazer, mais não seja por não conter quimicos como os absorventes.

    All We Need Is… | Facebook | Instagram

    [Reply]

  2. Liz disse:

    Aaaah que lindeza de post, miga! O coletor mudou totalmente a minha visão sobre a menstruação, perdi 100% aquela coisa de detestar ter a menstruação todo mês, sabe? Hoje agradeço e fico feliz <3 é incrível conhecer de verdade a tua menstruação, sem tudo aquilo ruim do absorvente comum! Aliás, ce ja ouviu falar das calcinhas absorventes? Uma marca surgiu aqui em POA, agora, e to bem curiosa (aposto que nao vence o copinho haha)

    [Reply]

  3. LILIANE disse:

    os benefícios são inúmeros mesmo. eu ainda nao experimentei, até pq já tem quase 3 anos qur não tenho menstruação ppr conta do Nascimento dos meus bebês, quando voltar a usar, vou experimentar o coletor, a liberdade que ele noa da é imensa, fora absorvente incomoda muito, sempre parece que to com um fraldao kkkk amei seu blog, sucesso 💓💓💓

    [Reply]

  4. VANESSA BRUNT disse:

    Caramba! Que postagem maravilhosa e repleta de quebras de paradigmas terríveis que temos, inclusive diversos que remetem ao machismo encubado que persegue a nossa sociedade. É maravilhoso saber de um produto que vem para causar para mais autoconhecimento e saúde (mental, física e afins). Confesso que, das vezes em que eu tinha ouvido falar do coletor, fiquei com um leve preconceito cutucando a minha mente, e você conseguiu desmontar isso. Não sei ainda se usaria, porque tenho certas agonias com coisas mais internas, mesmo que, no caso, não fique tão ‘lá dentro’. Mas deixo a anotação em mente. Os tópicos são maravilhosos!

    http://www.semquases.com

    [Reply]

  5. Olá! Já usei o coletor, mas minha experiência foi bem diferente. Eu utilizei por 1 ano e deixei de usar quando queimei ele. rs
    Apesar de eu ter gostado bastante de usá-lo, teve momentos em que senti que meu corpo não queria que num ciclo específico eu usasse o coletor. A partir disso, usar o coletor foi pra mim uma experiência de dar atenção ao meu íntimo, e isso me trouxe sensações e reflexões diversas. Como você, eu também mudei em muitos desses aspectos que você abordou aqui, mas eu senti que minha liberdade adquirida foi de saber que eu posso usar o que quiser e que meu corpo sabe o que ele precisa.
    É claro que o coletor tem N fatores que o colocam a frente do absorvente numa escala de cuidado com o meio ambiente e com a nossa saúde mesmo. Mesmo assim com toda liberdade, frescor e conforto que senti ao usar o coletor, também tive momentos em que pensar em usar ele não me deixava confortável (e ainda não sei bem o porquê). Então, eu percebi que apesar do coletor ser racionalmente bem melhor que o absorvente, quem decide mesmo o que faz bem é o meu corpo e como eu realmente estou me sentindo.
    Dentro disso, como o meu coleto se foi final de Abril desse ano, ainda não voltei a usar o coletor apenas por motivo de grana. Mas, espero comprar um em breve para aprofundar essa minha experiência e ampliar minhas aprendizagens e percepções do meu corpo e do que é ser e se sentir mulher. Aí depois de vivenciar a segunda fase dessa experiência, pretendo voltar também no meu blog e contar um pouco como foi! 🙂
    Adorei seu post e gostei muito de conhecer seu blog! Toda vez que venho aqui me sinto muito bem! Sua percepção sobre as coisas e suas fotografias são bem bonitas e sensíveis mesmo!
    Parabéns pelo blog, sucesso com ele!
    Beijos!
    http://www.vestidadeceu.blogspot.com.br

    [Reply]

  6. Eu já estava começando a pensar em usar o coletor, agora eu tenho certeza que vou fazer isto! Vou ler os outros posts sobre ele e já vou escolher o meu! Amei o post! Sucesso!

    [Reply]

  7. Vanessa disse:

    Também uso coletor há 2 anos! Melhor coisa do mundo 😀
    Me adaptei super fácil. Se soubesse já estaria usando há muito mais tempo. Bom pro bolso, pro meio-ambiente, pro conforto pessoal… Só coisa boa!

    [Reply]

  8. Camila Faria disse:

    Oi Laura, eu nunca entendi porque a menstruação é um assunto tão tabu e porque algumas pessoas não gostam de falar sobre ela. Mil pontos para o seu post maravilhoso. Eu não uso o coletor, nunca usei, e quero fazer uma experiência com ele para ver se eu me adapto. Vou conferir os seus posts anteriores sobre o assunto. Um beijo!

    [Reply]

  9. Post excelente! Eu também uso o coletor há pouco mais de 2 anos e a minha vida mudou completamente após a descoberta do copinho. Sério. Tanto que numa viagem esqueci que ia menstruar e não tinha levado o coletor… tive que comprar absorventes e eu quis morrer de ter que usar aquele negócio nojento que machuca, coça… tento recomendar pra todas as amigas porque o coletor menstrual é de fato uma das melhores invenções desse planeta!

    Barbaridades

    [Reply]

  10. Raquel disse:

    Oie!
    Vim aqui pela indicação do post da Leslie do Apenas Leite e Pimenta e adorei teu blog! Nunca usei o coletor, porque sempre penso que não é muito prático… tem algum post relacionado a isso no blog? Tipo, pra trocar, limpar, essas coisas… acho que é uma baita liberdade, tanto pra piscina e afins, tanto “econômica”, afinal, ele está ‘sempre’ ali x) Eu já fui o contrário, a última a virar mocinha da sala, e nem por isso não tinha vergonha de falar sobre o assunto. Hoje em dia já superei hahaha Ótimo post! 😀

    Bom final de semana!
    tipsnconfessions.blogspot.com

    [Reply]